PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG autoriza emissário a conversar com Jorge Sampaoli para 2020

Ivan Storti/Santos/Divulgação
Imagem: Ivan Storti/Santos/Divulgação
do UOL

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte (MG)

11/12/2019 16h45

O Atlético-MG tenta uma cartada ousada no mercado da bola. À procura de um treinador, o clube mineiro mantém conversas com Jorge Sampaoli, ex-comandante do Santos, e tenta convencê-lo de uma mudança para Belo Horizonte em 2020. Haverá um encontro entre emissários do time e o estafe do técnico para tratar do assunto. A informação é negada pelo clube mineiro.

A informação sobre o interesse do Galo no treinador foi divulgada inicialmente pela Rádio 98fm, de Minas Gerais, e confirmado pelo UOL Esporte com duas fontes distintas.

A reportagem apurou que os mineiros contam ainda com o auxílio de um investidor para tentar o acordo. Haverá uma reunião em São Paulo para ajudar a entender a situação do técnico.

Um emissário do clube está na capital paulista para um evento que envolve o Banco BMG e o Barcelona. Este mesmo representante está autorizado a falar em nome do Atlético para a contratação de Sampaoli.

O técnico teve a saída do Santos anunciada na noite de ontem. No entanto, ainda não confirma que deixou a Vila Belmiro. O Atlético aparece como mais uma alternativa para o treinador em caso de sequência no futebol brasileiro. A diretoria promete um time competitivo para entregar nas mãos do técnico.

A situação envolvendo o futuro treinador do Galo, no entanto, dificilmente será decidida até o fim desta semana, conforme apurado pela reportagem com uma pessoa ligada ao departamento de futebol alvinegro. A cúpula trata com cautela a busca por um comandante neste momento e avalia opções.

O argentino quer receber 4,5 milhões de euros (R$ 20,65 milhões na cotação atual) livres por ano a partir da próxima temporada. Ele ainda exigiu R$ 100 milhões para investir em contratações ao Santos.

Esporte