Topo

Jesus vai sair? Fla mantém calma e aposta em relação entre técnico e Landim

Jorge Jesus caiu nas graças da torcida do Flamengo, que já fez até música para o "Mister" - Alexandre Vidal & Paula Reis / Flamengo
Jorge Jesus caiu nas graças da torcida do Flamengo, que já fez até música para o 'Mister' Imagem: Alexandre Vidal & Paula Reis / Flamengo
do UOL

Alexandre Araújo e Pedro Ivo Almeida

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

13/11/2019 04h00

Resumo da notícia

  • Desde o fim da Copa América, Flamengo vem tendo boa campanha, estando perto do título do Brasileiro e na final da Libertadores
  • Técnico Jorge Jesus é apontado como grande responsável pela evolução do time
  • Contrato é até maio e especulações em relação ao nome do treinador já começam a acontecer
  • Diretoria mantém tranquilidade e planeja conversar com treinador em dezembro, ao fim da temporada
  • Valorização pode pesar, mas bom relacionamento de Jesus com cúpula também estará à mesa

A boa campanha do técnico Jorge Jesus à frente do Flamengo acende um alerta natural sobre o futuro. Ao menos por enquanto, no entanto, a diretoria evita maiores preocupações sobre a manutenção do português, que tem vínculo até o meio de 2020 e sentará com a cúpula da Gávea em dezembro para tratar do próximo ano.

Na manga do Flamengo, uma carta considerada importante: a boa relação entre Jesus e o presidente do clube, Rodolfo Landim. Próximos, ambos conversam bastante sobre o futuro e outros assuntos. Não é raro também ver o treinador jantar com o mandatário e outros membros da alta cúpula na casa de uma das partes em algumas ocasiões.

Para a próxima temporada, a cúpula do Flamengo tem dois outro assunto mais urgente em pauta: Gabigol. Levando-se em conta o time titular, ele é o único ainda sem vínculo para 2020.

ORubro-Negro já chegou a um denominador comum com a Inter de Milão, da Itália, que detém os direitos do atacante e, agora, depende da vontade do camisa 9 permanecer ou não na Gávea após o fim do contrato, que é de empréstimo até o fim do ano.

Já Jorge Jesus, próximo da fila para a renovação, tem vínculo até maio. Uma conversa entre as partes só deve acontecer a partir em dezembro, ao término dos compromissos da equipe. A diretoria vem tratando o assunto com cautela, até por conta do momento decisivo que o time atravessa - na reta final do Campeonato Brasileiro com vantagem na liderança e uma final da Libertadores pela frente.

O Flamengo tem a ciência de que a conquista de títulos vai fazer com que os holofotes também se voltem à beira do gramado, o que pode aumentar o valor de mercado de Jesus, ponto a ser considerado em uma futura negociação. Porém, a relação com a alta cúpula é reforçada internamente como trunfo.

Thiago Ribeiro/AGIF
Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Após a goleada por 5 a 0 sobre o Grêmio, no Maracanã, pela semifinal da Libertadores, o vice-presidente de futebol Marcos Braz foi questionado sobre a situação de Jorge Jesus e, apesar de citar a janela de dezembro, demonstrou tranquilidade:

"O Jorge Jesus é uma pessoa experiente, um técnico experiente. A diretoria do Flamengo também é experiente. Vocês acham que estamos conversando desse assunto agora, em um momento como esse? Ele tem um ano de contrato, até maio, e em dezembro tem uma janela para os dois lados. Se a gente quiser que ele não continue, a gente exerce isso, e se ele quiser, também pode fazer. Está tudo tranquilo, com naturalidade, desde o primeiro momento que tratei com ele, foi aberto, muito tranquilo, e eu acho que não vai ter problema nenhum. O meu desejo é que ele fique por um tempo, às vezes não é possível, mas tudo isso é menos importante do que a história do Flamengo, que é de 124 anos", disse, em entrevista à Fox Sports.

A campanha desde o retorno do calendário após a Copa América, quando 'Mister' assumiu o time, fez com que o treinador caísse nas graças da torcida. Até música para o treinador os rubro-negros estão cantando a cada resultado positivo.

A lua de mel entre Jesus e os adeptos do Flamengo fez com que uma notícia vinculada pelo jornal "A Bola", ontem (12), dando conta de que o Rubro-Negro já havia feito uma proposta de renovação de contrato por mais duas temporadas movimentasse as redes sociais. Apesar de a informação não ter se confirmado, as reações são um bom termômetro da aceitação que o comandante vem tendo nas arquibancadas.

Esporte