PUBLICIDADE
Topo

Jovem promessa do UFC mira retorno ainda em 2020 após sofrer grave lesão no joelho

Ag. Fight

28/01/2020 17h46

Desde que estreou no Ultimate, em novembro de 2018, Maycee Barber tinha um objetivo fixo em sua mente: se tornar a campeã mais jovem da história da maior liga de MMA do planeta. No entanto, em seu último compromisso durante o UFC 246, a jovem promessa sofreu um baque. Além de encarar sua primeira derrota na carreira, 'The Future', como é conhecida, rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo. Mas apesar das adversidades, a peso-mosca (57 kg) americana ainda sonha em conquistar o recorde na companhia, e para isso, mira um retorno aos octógonos ainda em 2020.

Aos 21 anos, Maycee visa superar o recorde que ainda pertence a Jon Jones. Quando se tornou campeão meio-pesado (93 kg), em 2011, 'Bones' tinha apenas 23 anos de idade. Desta forma, Barber tem cerca de dois anos para conquistar o cinturão de sua categoria. Mas no meio do caminho está uma cirurgia - programada para as próximas semanas - e uma intensa recuperação da lesão no joelho.

"A derrota não mudou meus objetivos no esporte nem um pouco. Apenas adicionou mais objetivos aos já existentes. Ainda me tornarei a campeã mais jovem da história do UFC. Espero e estou planejando fazer meu retorno e lutar novamente no final de 2020", garantiu Maycee, antes de falar sobre Roxanne Modafferi, sua algoz no card em Las Vegas (EUA).

"Roxanne é uma competidora fenomenal, então não duvido que ela ainda esteja bem (quando eu voltar). Eu e ela nos cruzaremos de novo, e terei a oportunidade de provar para todos o que meu time e eu já sabemos", completou a jovem americana, em contato com o site 'MMA Fighting'.

Barber se lesionou logo no início da disputa contra Roxanne. E, mesmo sem condições ideais de luta, a jovem conseguiu se desdobrar para sobreviver aos 15 minutos de combate programados. No entanto, a performance foi longe do suficiente para manter a invencibilidade de 'The Future' no MMA profissional.

"Percebi que os músculos que ficam em volta do joelho estavam tentando proteger ele. O round dois começou e me dei conta que a dor ficou pior, e a instabilidade mais latente. Não me lembro muito, mas lembro de ficar mais lenta e ver o jab dela vindo e querer dar um passo atrás (e não conseguindo). Com aquele segundo extra de 'delay', ela me pegou com o jab. Ainda consegui ir para trás, mas minha perna não respondeu. Não tinha estabilidade. Não consegui conectar meu cérebro com a minha perna", lamentou Maycee.

Proveniente do programa 'Contender Series', Maycee Barber estreou no UFC em novembro de 2018. A rápida ascensão após três vitórias por nocaute técnico no octógono mais famoso do planeta deram à lutadora um lugar de destaque no ranking peso-mosca do Ultimate. Em sua carreira no MMA profissional, a americana possui oito triunfos e um revés.

Esporte