PUBLICIDADE
Topo

Masvidal cita mandíbula quebrada para provocar Colby: "Deveria ter pago meu treinador"

Ag. Fight

15/12/2019 16h47

No último sábado (14), Colby Covington e Kamaru Usman finalmente se enfrentaram dentro do octógono. E o longo período de espera valeu a pena, já que os meio-médios (77 kg) travaram uma verdadeira guerra - escolhida posteriormente como melhor luta da noite. No fim, melhor para o campeão nigeriano, que nocauteou 'Chaos' e ainda quebrou justamente a mandíbula do rival, conhecido por sua fama de falastrão. Desafeto assumido do americano, Jorge Masvidal não perdeu a oportunidade de provocar seu companheiro de equipe após o revés sofrido.

Através de suas redes sociais (veja abaixo ou clique aqui), 'Gamebred', como é conhecido, fez questão de, como diz o ditado, 'chutar cachorro morto'. O atleta da 'American Top Team' relembrou o motivo do fim de sua amizade com Colby como forma de provocar o desafeto após a derrota. De acordo com Masvidal, o imbróglio entre os dois teve início porque Covington teria feito uma dívida com seu técnico e não a quitou - mas a conta aparentemente chegou, dentro dos octógonos.

"Dizem para nunca bater em um homem que já está caído, mas você não é um homem. Deveria ter pago o meu treinador, sairia mais barato do que consertar essa sua mandíbula", alfinetou Jorge, que, assim como Colby, faz parte de 'ATT'.

Atual detentor do cinturão 'BMF' (lutador mais durão) da liga, Masvidal vive o melhor momento de sua carreira. As três vitórias por nocaute em 2019 o alçaram como um dos atletas mais cotados para se tornar o próximo desafiante ao cinturão de Kamaru Usman. Dana White, durante a coletiva de imprensa do UFC 245, já deixou claro que tem interesse em casar esse confronto em seguida.

They say never kick a man when he is down but you not a man. Should've paid my coach, it's cheaper than getting your jaw wired shut #thecrucifixation

- Jorge Masvidal UFC (@GamebredFighter) December 15, 2019

Esporte