PUBLICIDADE
Topo

Delfín bate LDU de Quito nos pênaltis e é campeão equatoriano pela 1ª vez

15/12/2019 20h57

(Corrige título)

Manta (Equador), 15 dez (EFE).- O Delfín conquistou neste domingo pela primeira vez na história do título do Campeonato Equatoriano, ao vencer a LDU de Quito por 2 a 1 nos pênaltis, que foram necessários após 180 minutos de placar em branco na decisão.

O grande nome da partida e da vitória da equipe da cidade de Manta foi o goleiro Pedro Ortíz, que defendeu três cobranças na disputa derradeira pelo troféu, além de ter feito ótima atuação durante os dois tempos regulamentares.

O camisa 12 do Delfín defendeu as cobranças do meia-atacante Antonio Valencia, do atacante José Ayoví e do atacante colombiano Cristian Borja. O meia argentino Sergio López e o zagueiro Luis Cangá converteram para os anfitriões.

Os campeões tiveram a quarta melhor campanha da primeira fase, que foi disputada em turno e returno, depois passaram pelo Independiente del Valle, vencedor da Copa Sul-Americana, nas quartas de final; pelo Macará, maior pontuador da competição, nas semis; até despachar a LDU.

O Delfín, assim como a LDU e do Del Valle entrarão na fase de grupos da Taça Libertadores, em 2020. Macará e o Barcelona, por sua vez, começarão a participação no torneio ainda nas fases preliminares. EFE

Esporte