Topo

Gabigol sobre final da Libertadores: 'Será uma partida para a história'

Gabigol chega a Lima para a disputa da final da Libertadores 2019 pelo Flamengo - REUTERS/Guadalupe Pardo
Gabigol chega a Lima para a disputa da final da Libertadores 2019 pelo Flamengo Imagem: REUTERS/Guadalupe Pardo
do UOL

Do UOL, em São Paulo

21/11/2019 09h47

Estrela do Flamengo, Gabigol falou ao jornal espanhol As sobre a expectativa da final da Libertadores contra o River Plate.

Os times chegaram ontem a Lima, onde se enfrentarão no sábado. "É um momento muito especial para o Flamengo, imagine para os torcedores, que esperam 38 anos, desde o título de 1981, para viver esta final. Temos que oferecer a nossa melhor versão. É algo mágico", disse.

O camisa 9 destacou que o River, que venceu a competição no ano passado, será um duro adversário. "Sabemos que é sempre difícil jogar contra os rivais argentinos nas eliminatórias e, principalmente, nas finais, mas mostraremos nossa capacidade e melhoraremos nosso estilo com rápido toque e velocidade na circulação. Será uma partida para a história", afirmou.

Gabigol elogiou o trabalho do técnico Jorge Jesus, dizendo que evoluiu como jogador e pessoa ao lado dele. "É o melhor técnico com quem já trabalhei", revelou.

Temporada na Europa

O jogador comentou ainda sobre sua passagem pelo futebol europeu, marcada por passagens discretas. Questionado se chegou a duvidar de si mesmo, Gabriel disse que "nunca abaixou a cabeça". "Sei do meu potencial e tinha que seguir trabalhando para que chegassem as oportunidades. (...) Eu nunca desmoronei."

Ele avalia que hoje se sente mais maduro e preparado do que naquele período. "Tive duas grandes temporadas no Brasil e agora me vejo como outro jogador: mais maduro, centrado e evoluído, técnica, tática e fisicamente."

Gabigol elogiou os times espanhóis e disse que é um estilo de futebol que o agrada por ser rápido e de alto nível técnico. Artilheiro do Brasileirão no ano passado, ele disse que o marco foi muito importante na sua carreira e considera o campeonato um dos mais disputados do mundo.

"É o resultado de muito trabalho e ajuda a mostrar minha evolução. Sinto-me preparado para marcar no Brasil, Inglaterra, Alemanha, Espanha ... em qualquer lugar."

Esporte