Topo

Notícias do São Paulo: Cobrança de Raí, treino no campo e exames para 2020

Daniel Alves em treino do São Paulo - Marcello Zambrana/AGIF
Daniel Alves em treino do São Paulo Imagem: Marcello Zambrana/AGIF
do UOL

Do UOL, em São Paulo

12/11/2019 17h27

Com resquícios da derrota para o Athletico, o São Paulo retomou a sua rotina hoje (12), no CT da Barra Funda. Antes de os jogadores irem para o campo, foi realizada uma reunião com a diretoria de futebol. O executivo Raí conversou com o elenco e a comissão técnica. Segundo apurou o UOL Esporte, o tom foi de cobrança. O dirigente expôs o investimento que foi feito para a montagem do time, quais metas o clube pretende alcançar e o que espera que seja apresentado nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro.

Por causa da conversa, o treino começou cerca de 40 minutos depois do esperado no CT da Barra Funda. Em geral, após as partidas, independentemente do resultado, a comissão técnica tem uma reunião com os atletas, onde os vídeos dos jogos são exibidos e discutido o que pode ser melhorado e o que deve ser repetido.

Raí costuma ter diálogo com o elenco. Antes de contratar Fernando Diniz, por exemplo, ele conversou com lideranças do time para ouvir a opinião deles, que passaram boas referências do treinador que fora demitido do Fluminense, em agosto.

Depois da reunião, os jogadores foram para o campo. Daniel Alves, Tchê Tchê e Arboleda tiveram uma programação diferente e trabalharam na academia. A expectativa é de que o trio integre a atividade de amanhã junto com o restante do elenco.

Antony e Walce, que estão com a seleção olímpica, desfalcam o São Paulo na próxima rodada. Os demais atletas trabalharam normalmente no gramado. O treino técnico foi realizado em campo reduzido.

A comissão técnica separou o elenco em três equipes e trabalhou a finalização - algo que é alvo de críticas por causa do desempenho do sistema ofensivo nesta temporada. A equipe do técnico Fernando Diniz disputa o clássico com o Santos neste sábado, na Vila Belmiro.

O Tricolor paulista briga por uma vaga na Libertadores. Após a derrota no último fim de semana, a equipe permanece com 52 pontos, na quinta colocação na tabela de classificação.

Uma parte do elenco já realizou exames médicos para a temporada 2020. Na próxima semana o restante do time será submetido aos testes visando os trabalhos para o ano que vem.

Esporte