Topo

Liverpool marca no fim e clássico com Manchester United termina empatado

20/10/2019 16h15

Londres, 20 out (EFE).- No clássico de maior rivalidade da Inglaterra, o Liverpool pretendia alcançar o recorde de vitórias seguidas no Campeonato Inglês, no entanto, deixou o Old Trafford, neste domingo, com o empate em 1 a 1 contra o Manchester United, graças ao gol de Lallana já no final da partida válida pela 9ª rodada.

Caso conquistasse os três pontos hoje, o Liverpool, que lidera o campeonato com 25 pontos, igualaria a marca do Manchester City, que em 2017 venceu 18 partidas consecutivas.

O jogo marcou o retorno de Alisson ao gol dos 'Reds'. O goleiro titular da seleção brasileira estava fora dos gramados desde que se lesionou na primeira rodada.

Além dele, mas quatro brasileiros participaram do jogo: Fred e Andreas Pereira pelo United, e Fabinho e Roberto Firmino, pelo Liverpool.

Os 'Diabos Vermelhos' abriram o placar aos 36 minutos do primeiro tempo, com Rashford. O gol saiu após um contra-ataque onde o camisa 10 do United apenas escorou a bola para rede.

Já na etapa final, o Liverpool perseguiu seu gol que saiu apenas aos 40 minutos. Robertson cruzou a bola que atravessou a área do Manchester United e encontrou Lallana, que finalizou para as redes de De Gea.

Ainda teve tempo para o VAR ser acionado. Depois de bola cruzada pela direita do ataque do Liverpool, Fred tira com o ombro e os jogadores visitantes pediram pênalti. Após a consulta, o árbitro confirmou que não houve a penalidade e encerrou o clássico. EFE

Esporte