Topo

Palmeiras anuncia acordo com a Globo para transmissão do Brasileiro

Miguel Schincariol/Getty Image
Felipe Melo e Marcos Rocha comemoram gol do Palmeiras contra o Fortaleza Imagem: Miguel Schincariol/Getty Image
do UOL

Danilo Lavieri

Do UOL, em São Paulo

2019-05-23T12:29:00

23/05/2019 12h29

Globo e Palmeiras enfim chegaram a um acordo e assinaram contrato válido por seis temporadas. Agora, a emissora carioca transmitirá os jogos do clube alviverde no Campeonato Brasileiro. O anúncio foi feito hoje pelo Palmeiras, por intermédio do seu site oficial. Com isso, a partida deste sábado (25), contra o Botafogo, já vai passar no canal de pay-per-view Premiere para todo o Brasil.

A negociação se arrastou por quase um ano e só demorou tanto pela ótima condição financeira do Alviverde, que pôde fazer uma série de exigências. Os dois lados envolvidos se falaram em todos os dias na última semana. Internamente, os palmeirenses comemoram bastante o acerto e dizem ter conseguido quase todas as suas exigências.

O acordo pelo pay-per-view foi o mais demorado. Na sexta-feira, o esboço de um contrato já estava alinhavado, mas foram necessários mais algumas reuniões e ligações para colocar diversos itens específicos que protegem o Palmeiras nos próximos seis anos.

"Informo aos nossos milhões de torcedores que entramos em acordo com a TV Globo sobre os direitos de transmissão para TV aberta e pay-per-view em relação ao Campeonato Brasileiro. Tivemos os nossos pleitos atendidos a contento e assinamos um contrato com duração de seis anos", declarou o presidente Maurício Galiotte, em nota publicada no site oficial palmeirense.

"Quero agradecer ao torcedor palmeirense, que compreendeu a importância de todo esse processo e esteve sempre ao nosso lado durante a negociação, sendo fundamental e determinante para o sucesso dessa operação. Temos novamente a oportunidade de demonstrar a importância e o valor de nossa marca, consumindo os produtos com transmissão de jogos do Palmeiras", acrescentou.

Em nota oficial, a Globo também se manifestou sobre o acordo: "A negociação foi considerada satisfatória para as duas partes e seguiu em linha com o novo modelo de remuneração dos direitos de transmissão, que fortalece ainda mais os clubes e o futebol brasileiro, sempre respeitando as condições de mercado".

"O contrato é válido para o período de 2019 a 2024 e segue o novo modelo, aplicado para os demais clubes. Do total da cota de TV, 40% serão divididos igualmente entre os 20 participantes, 30% serão destinados à premiação para os 16 primeiros colocados e 30% serão distribuídos pelo volume de jogos exibidos na TV aberta", seguiu o comunicado da emissora.

A Globo já havia topado não aplicar multa redutora na negociação com o Palmeiras, o que foi o passo decisivo antes de o acordo ser sacramentado.

Como noticiado pelo UOL Esporte, Palmeiras e Globo desfalcaram a Conferência Nacional de Futebol por conta da reunião de sexta-feira que foi decisiva para o otimismo no Alviverde.

A não aplicação da multa foi uma vitória palmeirense na queda de braço com a emissora carioca. Todos os outros clubes que fecharam com o Esporte Interativo foram multados em cerca de 20% do seu contrato. A Globo alegou que perdeu a exclusividade e que o produto havia perdido valor.

No início da negociação, especulou-se que o Palmeiras gostaria de ter um número mínimo de transmissões em TV aberta, mas a condição deixou de existir.

O principal entrave era o acordo de pay-per-view. O time paulista negociava com a Globo para receber um mínimo garantido no acordo de PPV.

Flamengo e Corinthians, que são usados como comparação, têm garantidos no mínimo 18,5% do que será distribuído da arrecadação com pay-per-view para os clubes.

O Palmeiras acertou em fechar com a Globo?

Enquete encerrada

Total de 29007 votos
78,51%
21,49%
Total de 29007 votos

Mais Esporte