PUBLICIDADE
Topo

Estreia nos galos pode reaproximar José Aldo de título no UFC

José Aldo, antes do UFC 245 - Chris Unger/Zuffa LLC via Getty Images
José Aldo, antes do UFC 245 Imagem: Chris Unger/Zuffa LLC via Getty Images

Ag. Fight

14/12/2019 07h00

Um dos maiores pesos-penas (66 kg) da história do esporte, José Aldo pode se reaproximar de uma disputa de cinturão do Ultimate hoje. Desta vez, entretanto, em uma nova categoria: os pesos-galos (61 kg).

Após a derrota sofrida para Alexander Volkanovski no Rio de Janeiro, em maio, o brasileiro decidiu descer de divisão de peso começar uma nova empreitada na companhia. E um triunfo no UFC 245, com sede em Las Vegas (EUA) pode colocar o 'Campeão do Povo' na 'cara do gol' de um eventual 'title shot'.

Mas para isso, Aldo terá que derrotar dois grandes adversários: o corte de peso severo e Marlon Moraes, ex-desafiante ao cinturão dos galos —que hoje pertence a Henry Cejudo.

O primeiro dos rivais já foi superado pelo brasileiro, já que o atleta da 'Nova União' conseguiu atingir o limite da nova categoria durante a pesagem oficial realizada ontem. Resta agora saber se José conseguirá se recuperar da dieta restrita a tempo de competir em alto nível no UFC 245.

Especialistas e membros da imprensa condenaram a empreitada de Aldo nos pesos-galos, ao afirmar que o corte debilitaria muito o ex-campeão do UFC. Mas apesar das críticas, Aldo subiu na balança com um sorriso estampado no rosto e cravou 61,6 kg, confirmando assim, seu duelo diante de 'Magic'.

Agora, com o peso batido, Aldo terá que voltar suas atenções para seu oponente —um dos melhores pesos-galos da atualidade. Não à toa Marlon vem de uma disputa de cinturão bastante equilibrada contra Cejudo. Com estilos agressivos, os brasileiros prometem travar uma das batalhas mais movimentadas da noite.

Em caso de vitória, 'O Campeão do Povo' provavelmente se credenciará como o próximo desafiante da categoria até 61 kg. Desde que decidiu descer de categoria, Aldo deixou claro que queria encarar o campeão logo em sua estreia na divisão. No entanto, o confronto não pode ser realizado, já que Cejudo está atualmente afastado dos octógonos devido a uma lesão.

Em caso de derrota, José pode perder a motivação de competir em uma divisão nova e voltar a cogitar a aposentadoria. Desde que cravou que iria competir com 61 kg, o brasileiro adiou os planos de pendurar as luvas e afirmou que estaria em ação até os 40 anos.

Além do duelo entre os dois brasileiros, o UFC 245 conta com três disputas de cinturão. Kamaru Usman e Colby Covington lideram o card com o título dos meio-médios (77 kg) em jogo.

Já nos pesos-penas (66 kg), Max Holloway defende seu reinado contra Alexander Volknavoski. E entre as mulheres, Amanda Nunes tenta fazer jus ao título de 'melhor lutadora de todos os tempos', enquanto defende seu cinturão peso-galo contra Germaine de Randamie.

Esporte