PUBLICIDADE
Topo

Arsenal flerta com vexame, mas avança na Liga Europa; Lazio é eliminada

12/12/2019 17h17

Redação Central, 12 dez (EFE).- O Arsenal esteve perto de um dos maiores vexames da história nesta quinta-feira, mas reagiu e arrancou empate com o Standard de Liège em 2 a 2, fora de casa, resultado que selou a classificação no grupo E da Liga Europa; em dia de eliminação da Lazio.

Os 'Gunners' entraram em campo com situação até confortável, já, além do resultado positivo do Eintracht Frankfurt sobre o Vitória de Guimarães, na Alemanha, ainda precisariam perder por cinco ou mais gols de diferença, para dar o adeus precoce ao torneio continental. Até por isso, o técnico sueco Fredrik Ljungberg poupou titulares.

O time anfitrião, que é comandado pelo ex-goleiro belga Michel Preud'homme, depois de 45 minutos de pouca inspiração, voltou com tudo na etapa complementar, abriu o placar aos 2, com o meia belga Samuel Bastien, e ampliou aos 24, graças a gol do meia marroquino Selim Amallah.

Com o time rendendo pouco, o treinador interino do Arsenal apostou no atacante brasileiro Gabriel Martinelli, que entrou no lugar do zagueiro grego Sokratis Papastathopoulos, logo depois do adversário impor o 2 a 0. Nove minutos depois, o atacante francês Alexandre Lacazette descontou para os visitantes.

Logo depois, aos 36, o jovem meia-atacante inglês Bukayo Saka tabelou com o ex-Ituano. bateu firme para o fundo da rede. O gol decretou o placar final do duelo e levou os 'Gunners' aos 11 pontos, na liderança da chave.

O Standard de Liège poderia ter avançado se conseguisse mais um gol e o resultado positivo, já que o eliminado Vitória de Guimarães surpreendeu e derrotou o Eintracht Frankfurt por 3 a 2, na Commerzbank Arena, em partida com duas viradas.

O meia português Rochinha marcou aos 8 do primeiro tempo para os visitantes, mas ainda antes do intervalo, o lateral-direito alemão Danny da Costa e o meia-atacante japonês Daichi Kamada balançaram a rede aos 31 e 38, respectivamente, provocaram a primeria reviravolta.

Na reta final do duelo, o meia líbio Ali Elmusrati fez aos 40 e o atacante inglês Marcus Edwards aos 42, garantindo a única vitória do time português na competição. Ainda assim, o Frankfurt avançou em segundo, com nove pontos.

OUTROS GRUPOS.

No grupo E, a Lazio voltou a decepcionar, ao ser derrotada pelo já eliminado Rennes por 2 a 0, fora de casa. O zagueiro francês Joris Gnagnon foi o artilheiro da partida, ao balançar a rede aos 30 do primeiro tempo, e aos 42 do segundo.

A equipe do zagueiro Luiz Felipe, que passou 90 minutos no banco, e do volante Lucas Leiva, que não foi relacionado, avançaria se o Cluj perdesse para o Celtic, mas o time da Romênia, em casa, levou a melhor por 2 a 0, com gols do zagueiro romeno Andrei Burca e do meia croata Damjan Djokovic.

O grupo C teve as duas vagas definidas hoje, com o Basel garantindo a primeira colocação, graças a vitória sobre o Trabzonspor por 2 a 0, em casa. Dois jogadores suíços, o lateral direito Silvan Widmer e o meia-atacante Valentin Stocker marcaram os gols do jogo.

Na Espanha, em duelo que virou confronto direito, devido ao resultado da equipe da Basileia, o Getafe passou pelo Krasnodar por 3 a 0, com todos os gols marcados na etapa complementar pelo zagueiro uruguaio Leandro Cabrera, pelo meia espanhol Jorge Molina e pelo meia-atacante brasileiro Kenedy.

No grupo B, o Dínamo de Kiev decepcionou, já que precisava apenas de uma vitória sobre o Lugano, em casa, para avançar, mas acabou ficando no empate em 1 a 1 e foi eliminado. O meia suíço Marco Aratore abriu o placar para os visitantes, e o meia ucraniano igualou para os anfitriões.

Na Dinamarca, o Malmö levou a melhor sobre o Copenhague por 1 a 0, graças a gol do zagueiro sueco Sotirios Papagiannopoulos e garantiu não apenas a classificação, mas também a primeira posição chave. A equipe mandante, mesmo com o revés, avançou na vice-liderança.

O Sevilla, que entrou em campo classificado e já garantido como líder do grupo A, perdeu para o APOEL Nicosia, que também estava com passaporte aos 16 avos de final assegurado, por 1 a 0, no Chipre, graças a gol do zagueiro sérvio Vujadin Savic.

Quando o placar ainda estava em branco, o atacante israelense Moanes Dabour desperdiçou pênalti para o time espanhol, que não conseguiu o feito de ser a única equipe com 100% de aproveitamento nesta fase do torneio continental.

No outro jogo da chave, Qarabag e Dudelange empataram em 1 a 1, no Azerbaijão.

Pelo grupo D, em duelo que valia a liderança, já que os dois times estavam classificados, o LASK Linz passou pelo Sporting por 3 0. Um dos gols da partida foi marcado pelo atacante João Klauss, de pênalti, 38 do primeiro tempo. A falta que deu origem ao lance foi cometida pelo goleiro Renan Ribeiro, que acabou expulso.

Na Holanda, PSV Eindhoven e Rosenborg se despediram desta edição do torneio empatando em 1 a 1. EFE

Esporte