Topo

Jogador da NFL diz que agrediu rival com capacete após ter sofrido racismo

Myles Garrett (à direita) dá uma "capacetada" na cabeça de Mason Rudolph (à esquerda) durante confusão em jogo da NFL - Jason Miller/Getty Images/AFP
Myles Garrett (à direita) dá uma "capacetada" na cabeça de Mason Rudolph (à esquerda) durante confusão em jogo da NFL Imagem: Jason Miller/Getty Images/AFP
do UOL

Do UOL, em São Paulo

21/11/2019 17h24

Myles Garrett, do Cleveland Browns, tenta recorrer de uma suspensão após ter utilizado um capacete para atacar Mason Rudolph, quarterback do Pittsburgh Steelers, na última semana. O atleta dos Browns alega que o rival o xingou com ofensas racistas antes do incidente.

A briga ocorreu na noite de quinta pela 11ª semana da NFL. A confusão teria se iniciado quando Garrett derrubou Rudolph. Descontente, o quarterback dos Steelers se engalfinhou com o jogador no chão e, ao se levantar, teve o capacete arrancado e foi atacado por ele.

Segundo a ESPN americana, Myles Garrett reportou que Rudolph direcionou ofensas raciais a ele. Os xingamentos o deixaram tão nervoso que ele acabou agredindo o rival.

Rudolph, no entanto, nega as acusações "Essa falsa acusação nunca foi levantada por Garrett após o jogo", divulgou seu advogado em nota.

"O uso malicioso dessa alegação maluca e sem fundamento é um ataque à integridade de Mason, que é muito pior do que o ataque físico que ele sofreu na quinta", diz o texto.

O técnico dos Browns, Freddie Kitchens, disse acreditar em seu atleta: "Acredito em Myles e nada muda isso. Vou ficar ao seu lado de todas as formas possíveis."

Esporte