Topo

Peres aposta em amizade com Palmeiras e não teme "chapéu" com G. Henrique

Gustavo Henrique, do Santos, disputa bola com Tiago Galhardo, do Ceará, na Vila - Fernanda Luz/AGIF
Gustavo Henrique, do Santos, disputa bola com Tiago Galhardo, do Ceará, na Vila Imagem: Fernanda Luz/AGIF
do UOL

Danilo Lavieri e Pedro Lopes

Do UOL, em São Paulo

22/10/2019 14h44

Sob contrato com o Santos até janeiro de 2020, Gustavo Henrique está no radar do Palmeiras. O presidente santista José Carlos Peres não acredita, entretanto, na possibilidade de tomar um "chapéu" do rival. Contra essa hipótese, ele aposta na amizade com o atual mandatário alviverde Maurício Galiotte.

"Eu não acredito. O presidente do Palmeiras é um grande amigo, não tenho nenhuma dúvida de que ele não faria isso, porque estamos em negociação. A gente respeita os adversários. Se está em negociação, não atravessamos", afirmou.

A negociação à qual Peres se refere é pela renovação do contrato do zagueiro. O dirigente alvinegro se mostra otimista, mas admite que não irá dificultar a liberação em caso de oferta de um clube europeu.

"Acho que está na hora de fazer acordo. Nao vamos segurar no caso da Europa, é sonho de todos jogadores e vamos fazer um contrato (que permita isso)".

O Santos volta a campo pelo Campeonato Brasileiro no sábado, quando encara o Corinthians. O clássico será na Arena Corinthians, em Itaquera.

Esporte