Topo

Sterling elogia renúncia do presidente da federação búlgara de futebol

15/10/2019 15h55

Londres, 15 out (EFE).- Um dos principais alvos de ataques racistas da torcida da Bulgária no duelo de ontem contra a Inglaterra, o atacante inglês Raheem Sterling comemorou nesta terça-feira a renúncia do presidente da Federação Búlgara de Futebol, Borislav Mihaylov.

Na partida entre as duas seleções, válida pelas Eliminatórias da Eurocopa de 2020, disputada em Sófia, torcedores búlgaros insultaram os jogadores negros ingleses, fazendo com que o árbitro croata Ivan Bebek paralisasse o jogo em duas ocasiões no primeiro tempo.

"Uma boa jogada creditada a você, senhor Borisov", escreveu Sterling em uma rede social, se referindo ao primeiro-ministro búlgaro, Boyko Borisov, que pediu a renúncia de Mihaylov após os episódios de ontem.

Durante o intervalo do jogo, os comandados de Gareth Southgate chegaram a pensar em não retornar para o segundo tempo. No entanto, decidiram continuar com a partida, que acabou vencida pelo 'English Team' por 6 a 0.

A Federação Inglesa de Futebol (FA) pediu que a Uefa investigasse o episódio. EFE

Esporte