Topo

Flamengo aciona STJD para garantir escalação de Reinier contra o Fortaleza

Reinier, durante partida entre Flamengo e Atlético-MG; jogador é pivô de crise com a CBF - Thiago Ribeiro/AGIF
Reinier, durante partida entre Flamengo e Atlético-MG; jogador é pivô de crise com a CBF Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF
do UOL

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

14/10/2019 19h20

Cheio de desfalques por conta de lesões e suspensões, o Flamengo decidiu não liberar Reinier para o Mundial Sub-17. Para se proteger, o clube ingressou com uma "medida inominada" no STJD, para garantir a escalação do jovem contra o Fortaleza, quarta-feira, 20h, no Castelão. O clube pretende usar o jovem apenas se estiver amparado legalmente. A informação foi inicialmente veiculada pelo "Globo Esporte".

A medida é similar ao que foi feito pelo Vasco, que buscou uma liminar para garantir o atacante em um clássico diante do próprio Fla. À época, o vascaíno estava convocado para amistosos da seleção. O Flamengo tinha acordado com Confederação Brasileira de Futebol (CBF) que o meia ficaria no Rubro-negro enquanto o zagueiro Rodrigo Caio e o atacante Gabigol estivessem na seleção principal. Ante o cenário de desfalques, a cúpula voltou atrás. A documentação ainda não está sob a mesa da presidência do tribunal, mas deverá ser analisada a tempo. Ainda que o caso não vá a julgamento até o dia do jogo, o Fla crê que conseguirá uma liminar.

"Não há obrigatoriedade alguma, a Fifa só determina isso para as seleções principais. Está claro no regulamento. Temos um pedido objetivo: que o nome do Reinier apareça como "regular" no sistema. É uma medida ilegal", disse ao UOL Esporte Michel Assef Filho, advogado do Rubro-negro.

A Copa do Mundo da categoria será realizada no Brasil a partir do dia 26 de outubro. De acordo com programação divulgada pela CBF, o grupo se apresentará no próximo dia 7, Granja Comary para o período de preparação. No dia 22, embarca para Brasília, onde fará os dois primeiros jogos da fase de grupos. A estreia será no dia 26, contra o Canadá, no Estádio Bezerrão.

Diante do imbróglio, a CBF anunciou a convocação do gremista Pedro Lucas, que substituirá o rubro-negro no grupo da seleção brasileira.

Esporte