Topo

Flamengo tem novo desafio por título e pode afundar o maior algoz recente

Meia uruguaio Arrascaeta, do Flamengo, vai reencontrar ex-clube - Rudy Trindade/FramePhoto/Estadão Conteúdo
Meia uruguaio Arrascaeta, do Flamengo, vai reencontrar ex-clube Imagem: Rudy Trindade/FramePhoto/Estadão Conteúdo
do UOL

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

21/09/2019 04h00

Na ponta da tabela do Brasileiro, o Flamengo inicia sua 'contagem regressiva' pelo título. Na abertura do returno, o Rubro-negro visita hoje o Cruzeiro, às 17h, no Mineirão, em um reencontro contra um rival que tem sido um grande algoz nas últimas temporadas.

Em busca de um título de expressão desde 2013, o Fla foi brecado pelo adversário em duas ocasiões. Em 2017, o time comandado por Mano Menezes levou a melhor na decisão da Copa do Brasil. Nas cobranças de pênaltis, Diego falhou, Muralha não pegou nenhuma cobrança e a taça ficou em Belo Horizonte.

Os rubro-negros tiveram a chance de dar o troco no ano seguinte, mas foram novamente castigados pelos mineiros. Nas oitavas da Libertadores, os cruzeirenses venceram a primeira por 2 a 0 no Maracanã, seguraram um revés por 1 a 0 no Mineirão, e saíram festejando a vaga, ampliando o drama do Flamengo na busca pelo topo.

Hoje vestindo vermelho e preto, Arrascaeta foi figura central nesses encontros, mas ainda defendendo o Cruzeiro. Com gols importantes nestes duelos, o uruguaio fez a diferença para seu então clube. "Cansado" de ser castigado pelo meia, os cariocas desembolsaram cerca de R$ 80 milhões por seu futebol. Um dos nomes mais badalados do elenco dirigido por Jorge Jesus, o camisa 14 reencontrará os antigos companheiros.

Apesar destes duelos recentes, os dois clubes vivem situação oposta. Na zona do rebaixamento da competição nacional, o time azul enfrenta justamente o líder, que pode empurrar a equipe de Rogério Ceni ainda mais para baixo na classificação.

"É perigoso, eles têm uma equipe muito boa. E ainda teve a chegada do Rogério Ceni, um treinador muito qualificado", afirmou Bruno Henrique.

Sem Éverton Ribeiro, que segue com dores no tendão calcâneo, o "Mister" estuda as alternativas para montar a equipe. Reinier e Piris da Motta são as alternativas mais prováveis para preencher a lacuna deixada por Ribeiro.

"Defendendo bem, a gente consegue chegar inúmeras vezes na frente. Isso é nítido. Temos conseguido corresponder à expectativa do meio para frente, mas com cada um fazendo a sua parte", ponderou o atacante.

CRUZEIRO x FLAMENGO

Data/Hora: 21/09/2019, às 17h (de Brasília)
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Neuza Ines Back (SP)
VAR: José Claudio Rocha Filho (SP)

CRUZEIRO: Fábio; Orejuela, Cacá, Fabrício Bruno (Dedé) e Rafael Santos (Egídio); Henrique, Éderson; Thiago Neves (Marquinhos Gabriel); Pedro Rocha, David; Fred. Técnico: Rogério Ceni.

FLAMENGO: Diego Alves, Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luís; Willian Arão, Gerson e Reinier (Piris); Arrascaeta, Gabriel Barbosa e Bruno Henrique. Técnico: Jorge Jesus.

Mais Esporte