PUBLICIDADE
Topo

Cormier relembra desgaste no corte de peso: "Passava por isso toda sexta"

Cormier durante corte de peso - Reprodução/Instagram
Cormier durante corte de peso Imagem: Reprodução/Instagram

Ag. Fight

19/02/2020 06h00

O processo de corte de peso antes de uma luta tende a ser desgastante para a maioria dos atletas, e o desafio se torna ainda mais complicado para alguém que iniciou sua carreira no peso-pesado e desceu para os meio-pesados (93 kg), como foi o caso de Daniel Cormier. Em uma publicação em sua conta oficial no Instagram, Cormier agradeceu seu time por estar sempre ao seu lado nestes momentos angustiantes pré-pesagem oficial e aproveitou para exigir respeito por sua trajetória.

Invicto e mesmo com dois triunfos no peso-pesado pelo Ultimate, Cormier desceu para os meio-pesados logo em sua terceira luta pela organização. Não demorou muito até que o americano conquistasse o cinturão até 93 kg, em maio de 2015, e permanecesse com ele até dezembro de 2018, quando o abandonou para retornar à sua divisão de origem, onde também seria coroado campeão logo depois. O longo período de sacrifício e desgaste físico na categoria mais leve provocou a homenagem prestada pelo lutador aos seus companheiros de equipe na 'AKA'.

"Isso é o que bater até 93 kg parecia para mim. Você pode imaginar fazer isso sem um time como esse por trás de você? Um time que te levanta quando você está embaixo. Ajuda a continuar quando você não tem mais. Eu sou sortudo pelos meus amigos. (...) Eles sempre me elevaram. E pensar que eu passava por isso toda sexta-feira e me tornei o campeão. Coloque um pouco de respeito sobre meu nome!", escreveu 'DC'.

Após vencer o primeiro duelo contra Stipe Miocic, que lhe garantiu o cinturão dos pesos-pesados do UFC, Daniel Cormier acabou superado pelo rival na revanche, em agosto de 2019, e, consequentemente, perdeu o título da categoria. Aos 40 anos, o veterano já deixou claro que só voltará aos octógonos para fazer sua última luta da carreira caso seja oferecida a ele uma trilogia contra seu rival, que até o momento ainda não foi confirmada pelo UFC.

Esporte