Topo

Khabib afirma que McGregor precisa "vencer dez lutas seguidas" para merecer revanche

Ag. Fight

12/11/2019 09h14

Khabib Nurmagomedov segue invicto após 28 combates profissionais de MMA - Diego Ribas

Apesar da rivalidade, Khabib Nurmagomedov já deixou claro que não tem tanto interesse em encarar Conor McGregor novamente nos octógonos. Durante uma coletiva de imprensa na Rússia na última sexta-feira (8), o campeão peso-leve (70 kg) do Ultimate voltou a falar no assunto. De forma provocadora, 'The Eagle' afirmou que seu desafeto irlandês precisaria de dez triunfos consecutivos na companhia para merecer uma revanche contra ele.

O número surgiu quando o russo relembrou sua trajetória no UFC. Desde que chegou na liga, Khabib realizou nove lutas para, então, se credenciar ao duelo pelo título - em seu décimo compromisso no UFC. Portanto, ao menos em sua visão, McGregor teria que fazer algo similar para conseguir a sua tão almejava revanche.

"Quanto a uma revanche (com McGregor), para lutar pelo cinturão no UFC, lembro que tive que fazer umas nove ou dez lutas. Se ele vencer dez lutas seguidas, então é completamente possível (revanche)", provocou Nurmagomedov, de acordo com o site da 'ESPN' americana.

Mas enquanto uma revanche contra Conor não amadurece, Khabib tem de voltar suas atenções para o presente. Ex-campeão interino da categoria, Tony Ferguson é o mais provável próximo rival do russo. A sequência de 12 triunfos consecutivos praticamente confirmaram 'El Cucuy' como o próximo desafiante ao cinturão.

No entanto, apesar da suposta definição do próximo adversário, Nurmagomedov ainda não sabe em qual data voltará a competir. De acordo com o russo, o Ultimate ofereceu uma em março, em Las Vegas (EUA). Mas o campeão só está disposto a aceitar a oferta caso receba um pedido oficial de desculpas. Khabib foi suspenso e multado nesse mesmo local pela Comissão Atlética de Estado de Nevada, ao protagonizar cenas de selvageria no UFC 229, justamente após o confronto diante de Conor McGregor.

"Eles me ofereceram para lutar em Vegas, em março. Mas disse que se Vegas (Comissão Atlética) se desculpar oficialmente por me multar erroneamente por aquele incidente no dia 6 de outubro de 2018, eu luto lá. Mas caso contrário, eles podem procurar outra data para mim. Pelo que sei, eles estão planejando um card em abril, em algum lugar de Nova York. Então estou pronto para abril em Nova York, ou em março, se Las Vegas se desculpar", concluiu o campeão peso-leve do UFC.

 

Esporte