Topo

Ex-banqueiro se torna a primeira pessoa a correr maratona em todos países

Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram
do UOL

Do UOL, em São Paulo

12/11/2019 18h18

Nick Butter mudou completamente a sua vida ao deixar sua carreira em um banco para completar uma turnê que o fez percorrer todos os países do mundo em maratonas de corrida.

Aos 30 anos, o inglês começou sua jornada em janeiro de 2018 e a concluiu no último domingo (10) em Atenas, na Grécia.

"Fui mordido por um cachorro, fui assaltado, fui assaltado à faca, fui colocado em uma cela. Corri com mil pessoas em El Salvador, corri em meio a erupção de vulcões", relembrou ele à CNN.

No total, Nick visitou 193 países reconhecimentos oficialmente pelas Nações Unidas e três que não sã, levando 674 dias ao todo. Ele pegou 455 voos, usou 10 passaportes e se aventurou por 15 zonas de guerra, como disse à BBC.

A motivação para que Nick passasse por essa transformação aconteceu depois que um dos seus melhores amigos, Kevin Webber, foi diagnosticado com câncer de próstata.

"Esse homem extraordinário não foi apenas uma das pessoas mais positivas e felizes que já conheci, mas causou um enorme impacto em mim e em como vivo minha vida. Kevin tem câncer de próstata terminal e ouviu dos médicos que teria mais dois anos de vida. Esta viagem é para ele", disse.

Ao percorrer suas maratonas, Nick arrecadou mais de US$ 93 mil, aproximadamente R$ 387 mil, para uma pesquisa de estudos sobre o câncer de próstata.

"Vou tirar alguns dias de folga, mas estou realmente ansioso para voltar a correr", disse ele à CNN. "É a minha meta".

Esporte