Topo

Candidato a vaga de Luan é modelo de negócio e virou curinga no Grêmio

Jeferson Guareze/AGIF
Imagem: Jeferson Guareze/AGIF
do UOL

Jeremias Wernek e Samir Carvalho

Do UOL, em Porto Alegre e São Paulo

22/10/2019 04h00

Sem Luan, virtualmente fora por lesão no pé direito, e Jean Pyerre, ausente dos treinos com bola, o Grêmio tem uma vaga aberta no meio-campo para encarar o Flamengo. Thaciano é um candidato forte a herdar o lugar no segundo jogo da semifinal da Libertadores.

Aos 24 anos, o meia é definido como um curinga do elenco gremista e virou modelo de negócio em Porto Alegre por ser útil no elenco, barato e com chance de revenda. Um tipo de negociação que completa a política de promoção de jovens e foge de medalhões no mercado.

Em maio, o Grêmio antecipou a opção de compra e adquiriu 80% dos direitos econômicos do jogador por cerca de R$ 2 milhões. O Boa Esporte ainda ficou com percentual de olho em um dos aspectos que faz o clube gaúcho valorizar a operação: possibilidade de venda futura.

Thaciano já foi utilizado por Renato Gaúcho como volante, meia e extrema. Pelas características, consegue migrar de função ao longo das partidas e amplia o leque de opções da comissão técnica. É justamente essa adaptação a diferentes tarefas que pesa a favor dele na disputa com outras alternativas do grupo para o jogo com o Flamengo, no Maracanã.

No Grêmio desde o início do ano passado, Thaciano se destacou na Série B de 2017 ao marcar 10 gols. A comissão técnica e o departamento de futebol do clube gaúcho acumularam relatórios e resolveram investir.

À época, a operação foi vista como aposta baseada na análise de desempenho. O custo do empréstimo foi baixo, o salário acabou sendo considerado diminuto e a chance de 'dar certo' tratada como boa. Dito e feito.

Thaciano foi subindo degraus e deixou de ser peça de complemento ao grupo para se tornar opção constante. Em 2018, foram 27 partidas pelo Grêmio e na atual temporada já são 32.

Antes de chegar a Porto Alegre, Thaciano passou pelo Santos em negócio semelhante ao fechado pelo Grêmio. Emprestado pelo Boa, o jogador ficou uma temporada na Vila Belmiro e nunca chegou a estrear. Atuou, no máximo, pelo time sub-23. Os dirigentes do clube santista na época alegaram que o valor da opção de compra era alto.

Além de Thaciano, Michel, Patrick e os atacantes Luciano e André são as outras opções de Renato Gaúcho para montar o Grêmio diante do Flamengo.

Flamengo e Grêmio se enfrentam na amanhã (23), às 21h30 (horário de Brasília). No jogo de ida, o placar ficou em 1 a 1 e com isso o time rubro-negro pode até empatar sem gols que vai à final. O clube gaúcho precisa vencer ou empatar a partir de 2 a 2 para ficar com a vaga.

Esporte