Topo

Mudança no formato do Campeonato Paraguaio gera debate entre dirigentes

21/10/2019 15h58

Assunção, 21 out (EFE).- O presidente do Olimpia, Marco Trovato, não escondeu a insatisfação com o novo formato apresentado pela federação de futebol do Paraguai (APF) para o campeonato do país e aproveitou para fazer outra proposta que poderá ser avaliada nesta terça-feira.

"Qual é o sentido de investir em melhorias no nosso estádio, se no novo sistema só se pode definir o campeonato em campo neutro? Nenhum time poderá comemorar o título em seu estádio!", disparou o dirigente, através do perfil que mantém no Twitter.

De acordo com a proposta da Associação Paraguaia de Futebol, os dois torneios atuais seguiriam disputados por 12 clubes. As competições teriam turno único, com os oito melhores avançando para as fases eliminatórias, que serão em jogo único.

Atualmente, tanto o Apertura quanto o Clausura são competições de turno e returno, com pontos corridos, em que os participantes entram em campo 22 vezes, totalizando 44 partidas ao longo de todo ano, o que é motivo de críticas para alguns dirigentes.

"A realidade é que o calendário do primeiro semestre é extremamente apertado para 22 datas em pouco mais de três meses", afirmou o presidente do Cerro Porteño, Raúl Zapag, no Twitter.

Trovato apresentou uma proposta de Campeonato Paraguaio disputado sem a divisão de torneios, com um total de 33 rodadas a serem disputadas durante todo o ano, em pontos corridos. De acordo com a ideia do presidente do Olimpia, os clubes se enfrentariam em turno e returno, depois fariam mais 11 rodadas, com mando a ser definido.

O dirigente ainda apontou que, para 2021, gostaria que a competição contasse com 16 equipes, o que considera inviável economicamente para o próximo ano.

Nesta terça-feira, está marcada uma reunião entre clubes e APF, na sede da entidade, para debater o formato da competição para 2020. Entre os dirigentes da federação, o discurso é de alcançar um ponto de "consenso".

Além da mudança no sistema de disputa do Campeonato Paraguaio, a APF ainda apresentou a ideia da criação da Supercopa do país, que envolveria os campeões do campeonato e da copa nacional. EFE

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Esporte