Topo

Liga espanhola pede que clássico Barcelona x Real seja transferido devido a protestos

16/10/2019 11h38

MADRID (Reuters) - A liga espanhola de futebol pediu que o clássico deste mês entre Real Madrid e Barcelona seja transferido para a capital do país em meio aos crescentes protestos na Catalunha.

Nove líderes separatistas foram sentenciados na segunda-feira a passar de 9 a 13 anos na prisão por envolvimento em uma tentativa de independência no final de 2017, o que desencadeou protestos e confrontos por toda a região.

A partida está prevista para ocorrer em 26 de outubro no Camp Nou, estádio do Barça, mas a liga pediu à Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) que altere o local.

O segundo jogo da temporada entre os rivais está previsto para março, em Madri.

"Solicitamos ao comitê de competição da RFEF que se reúna e mude o local do clássico para Madri devido a circunstâncias excepcionais que fogem do nosso controle", disse um porta-voz da liga.

A RFEF não respondeu a um pedido de comentários feito pela Reuters.

A prisão dos líderes separatistas desencadeou ondas de protesto na Catalunha e caos no aeroporto El Prat, em Barcelona. Mais de 40 mil pessoas tomaram as ruas, segundo autoridades.

Na segunda-feira, o Barcelona divulgou um comunicado intitulado "Prisão não é a solução", enquanto o técnico espanhol do Manchester City, Pep Guardiola, também de manifestou contra as prisões em um vídeo postado nas redes sociais pelo grupo Tsunami Democratic.

Os protestos continuaram nesta quarta-feira, afetando a rede ferroviária de alta velocidade com atrasos, enquanto rodovias pela Catalunha e muitas das vias de Barcelona permanecem fechadas.

(Por Joseph Cassinelli)

Esporte