Topo

Hiddink é demitido do cargo de técnico da seleção sub-21 da China

20/09/2019 13h33

Pequim, 20 Set 2019 (AFP) - O holandês Guus Hiddink foi demitido do cargo de técnico da seleção sub-21 da China, com a qual tinha a missão de buscar a classificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio-2020.

A Federação Chinesa de Futebol anunciou nesta quinta-feira que Hao We, ex-técnico da seleção feminina do país, assumirá o cargo.

Hiddink, 72 anos, assumiu a equipe sub-21 chinesa em setembro de 2018, unindo-se a Marcelo Lippi, técnico da seleção principal.

"Apesar da grande carreira de técnico, o veterano holandês está longe de ter sucesso na China, com quatro vitória em 12 jogos oficiais", lembrou nesta quinta-feira a agência de notícia oficial do governo chinês.

Hiddink tem longa carreira de técnico, com passagens por grandes clubes europeus como Real Madrid, Betis ou Valencia e por seleções como Holanda, Coreia do Sul, Austrália ou Turquia.

O último trabalho do técnico holandês por um clube foi no Chelsea na temporada 2015-2016.

rox/bpa/am

Mais Esporte