Topo

Neymar é chamado de "mercenário" por funcionário de obra em Paris

Neymar treina pelo PSG - Charles Platiau/Reuters
Neymar treina pelo PSG Imagem: Charles Platiau/Reuters
do UOL

Do UOL, em São Paulo

22/08/2019 13h25

A vida de Neymar na França não está das mais fáceis. Sem futuro definido, o atacante da seleção brasileira ainda encara protestos por parte de torcedores do Paris Saint-Germain.

O mais recente aconteceu nesta semana. Em um vídeo compartilhado pela emissora espanhola "Cuatro", o camisa 10 do PSG é flagrado por um trabalhador de uma obra quando deixava o CT do clube. O homem não titubeou ao chamar o jogador de "mercenário" diversas vezes.

Neymar não se incomodou, entrou em um veículo e deixou o centro de treinamentos do time.

O brasileiro busca deixar o clube nesta janela de transferências, mas o PSG parece pouco disposto a ceder facilmente. O jornal catalão Sport afirma que o Barça está disposto a pagar 160 milhões de euros pelo atacante, que deixou o clube espanhol em 2017 pelo valor recorde de EUR 222 milhões. A quantia poderia ser paga em duas parcelas, com um empréstimo com opção de compra obrigatória, mas o clube francês rejeitou a ideia.

Real Madrid e Juventus são outros interessados no brasileiro.

Veja os selecionáveis que mudaram de time na janela europeia

UOL Esporte

Mais Esporte