Topo

Cristiano Ronaldo volta a Madri na Champions e City visita Schalke

2019-02-19T14:42:00

19/02/2019 14h42

Paris, 19 Fev 2019 (AFP) - Cristiano Ronaldo volta na quarta-feira a Madri, cidade em que reinou conquistando quatro das últimas cinco Champions com o Real, desta vez vestindo as cores da Juventus para visitar o Atlético pelo jogo de ida das oitavas. Já o Schalke recebe o Manchester City (17h de Brasília).

Pelo Real Madrid, Ronaldo fez 22 gols contra o Atlético em 31 duelos o que motiva ainda mais os jogadores do técnico Diego Simeone no estádio Metropolitano.

Os torcedores do Atlético não esquecem que o astro português contribuiu com seus gols para deixá-los sem a taça em duas ocasiões: nas finais de 2014 (4-1 na prorrogação) e de 2016 (5-3 nos pênaltis, após um empate em 1 a 1).

O rendimento de Ronaldo não foi prejudicado pela transferência a Turim. Ele já comanda o ataque de sua equipe e é o artilheiro da Serie A com 19 gols marcados.

"Estamos em boa forma", afirmou na sexta-feira o técnico da Juventus, Massimilliano Allegri, garantindo que sua equipe vai a Madri "para marcar" e poder encaminhar a classificação.

- Bonucci e Chiellini recuperados -Na véspera do duelo, Allegri tem uma boa notícia: seus dois zagueiros centrais, Leonardo Bonucci e o capitão Giorgio Chiellini, que ficaram afastados nas últimas semanas por causa de lesões, estão recuperados.

Enquanto isso, o Atlético vem para o jogo em um bom momento após recuperar o segundo lugar no campeonato espanhol no fim de semana ao vencer o Rayo Vallecano (1-0).

Um gol de Antoine Griezmann colocou o time madrilenho no bom caminho novamente.

O atacante francês, que marcou 12 dos 34 gols de seu time na Liga, não esquece que a final da Champions será disputada em junho no estádio Metropolitano.

"Seria uma festa para todos os torcedores do Atlético. O caminho até lá será difícil, mas vamos dar o máximo de nós, vamos dar tudo e então veremos", disse à Uefa Griezmann, que na quarta-feira provavelmente terá a companhia no ataque de Alvaro Morata, ex-jogador da Juventus.

O outro jogo que encerra a rodada apresenta teoricamente um desequilíbrio, com o poderoso Manchester City, que luta com o Liverpool pelo título da Premier League, visitando um Schalke que vive um momento complicado ocupando a 14ª posição na Bundesliga e lutando para fugir do rebaixamento.

- 'Nada a perder' -No papel, os ingleses deveriam vencer na Alemanha, embora o jogador da seleção alemã Ilkay Gundogan, que cresceu em Gelsenkirchen e passou pelo Schalke, insista que no City ninguém dá a partida como já ganha.

"Existe o perigo de que todo mundo ache que o Schalke não tem opções e que apesar da partida ser fora de casa a expectativa é de que nós vamos dominar o jogo", disse o jogador.

Mas Gundogan admite: "O Schalke não tem nada a perder. Nós temos muito. Porque isso aumenta a pressão sobre nós".

O outro jogador da seleção alemã e do City também passou pela base do Schalke. Leroy Sané jogou no clube entre 2014 e 2016 antes de assinar pelo gigante inglês.

Seu técnico Pep Guardiola pode agradecer pelo sorteio mais favorável, em seu objetivo de levar o City pela primeira vez além das quartas de final, desde sua chegada em 2016.

Ele vai poder contar com a inspiração do argentino Sergio Agüero, que vive um dos melhores momentos de sua carreira, com dois 'hat-tricks' quase consecutivos contra o Arsenal e o Chelsea.

"Eu já disse muitas vezes. O Sergio marca a cada temporada muitos gols. Admiro este tipo de jogadores, por sua consistência. Se manter nesse nível durante muito tempo é fantástico", disse Guardiola há uma semana, após sua exibição contra os 'Blues'.

-- Programação dos jogos de ida de quarta-feira das oitavas da Champions League:

(17h00) Schalke 04 - Manchester City

Atlético Madrid - Juventus

bur/pm/aam

Mais Esporte