PUBLICIDADE
Topo

Diretoria apoia candidato em site oficial do Cruzeiro e gera embate interno

Núcleo Dirigente Transitório do Cruzeiro apoia Emílio Brandi na eleição presidencial que será em maio - Cruzeiro/Divulgação
Núcleo Dirigente Transitório do Cruzeiro apoia Emílio Brandi na eleição presidencial que será em maio Imagem: Cruzeiro/Divulgação
do UOL

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

18/02/2020 04h00

O conselho gestor do Cruzeiro divulgou, na tarde de ontem (17), apoio a Emílio Brandi na eleição presidencial prevista para maio. O grupo, inclusive, utilizou as redes oficiais do time para informar o fato. A forma de publicação abriu brecha para uma discussão: o estatuto do clube permite tal ato?

O UOL Esporte consultou Gilvan de Pinho Tavares, ex-presidente do clube e um dos responsáveis pela elaboração do estatuto que rege as normas da agremiação. Ele explica que não há menção sobre o ocorrido no documento. Porém, reconhece que o problema é ético.

"Não deveria [acontecer], mas o estatuto não é claro sobre isso, não fala nada a respeito. O problema todo que pode ser alegado é o problema de [falta de] ética", disse à reportagem.

O advogado Sérgio Santos Rodrigues é outro conselheiro que pretende se candidatar à presidência do clube. Procurado para comentar o caso, ele preferiu não se manifestar.

Gilvan de Pinho Tavares tenta amenizar a situação envolvendo os membros do conselho gestor: "Estamos vivendo um momento atípico do Cruzeiro. O Cruzeiro está sendo comandado por pessoas que nunca participaram da vida ativa do Cruzeiro. Eles estão começando a trabalhar no clube e, às vezes, fazem coisas que não deveriam fazer", afirmou.

"O conselho gestor pode manifestar apoio por um candidato, mas não deveria ser colocado no site oficial do clube. Coloca na mídia, e a mídia divulga. A gente tem que levar em consideração que, às vezes, como não tem recurso e a eleição já é maio, eles têm que divulgar. A gente tem que desculpar algumas coisas deles", concluiu.

Na tarde de ontem, o conselho gestor utilizou o site oficial do Cruzeiro para divulgar apoio a Emílio Brandi. Por meio de nota oficial, os dirigentes informaram por meio de nota: "Em reunião realizada na Sede Administrativa nesta segunda-feira, 17 de fevereiro, pelo Núcleo Dirigente Transitório do Cruzeiro, ficou definido que o empresário Emílio Brandi será, por unanimidade, o candidato do grupo nas eleições que ocorrerão no dia 21 de maio. Francisco Emílio Brandi Félix é empresário, tem 57 anos, e integra o núcleo gestor que administra o Cruzeiro desde o dia 23 de dezembro, após a renúncia da antiga administração. O edital de convocação para as eleições foi publicado na semana passada e o presidente eleito assumirá o Clube até o dia 31 de dezembro deste ano".

Esporte