PUBLICIDADE
Topo

Zé Ricardo garante ser "colorado de carteirinha" após despedida do Inter

do UOL

Do UOL, em São Paulo

08/12/2019 20h26

Ciente de que este foi seu último jogo no comando do Internacional, Zé Ricardo falou em tom de despedida em sua entrevista coletiva após a virada no último minuto sobre o Atlético-MG por 2 a 1, no Beira Rio.

Zé Ricardo, que chegou ao Inter em outubro após a queda de Odair Hellmann, agradeceu ao clube e garantiu que acompanhará os jogos do time no ano que vem.

"Eu vivi uma paixão aqui no Inter. Eu saio com sentimento muito legal de ter conhecido um grande clube e quando eu não estiver jogando contra estarei torcendo pelo Internacional, vai ser um ano brilhante e já desejo sorte para a futura comissão técnica. Sou colorado de carteirinha agora", afirmou Zé Ricardo aos repórteres.

Sobre o jogo, Zé Ricardo elogiou o time, que não se intimidou diante da desvantagem no placar desde os cinco minutos do primeiro tempo. A virada colorada começou a ser desenhada aos 36 do segundo tempo, com Guerrero. Aos 52, Cuesta marcou o gol da vitória.

"A vitória foi merecida, com muito calor no primeiro tempo. A gente demorou para chegar nas finalizações e bobeamos no gol do Atlético-MG. A equipe foi para o vestiário com a sensação nítida de que podia virar a partida. Não tenho uma vírgula para reclamar do empenho e do comprometimento dos jogadores", analisou Zé.

Após Zé Ricardo, quem assumiu os microfones na sala de imprensa foi o presidente do Internacional, Marcelo Medeiros. Ele agradeceu ao trabalho realizado pelo treinador nos últimos dois meses e falou do planejamento do clube para 2020.

"Quero agradecer ao Zé Ricardo, que viu o convite que o Inter fez como um desafio. A gente ficou encantado com o profissionalismo dele. Já começou a análise (para 2020), está encaminhada, precisamos acertar alguns detalhes. Precisamos repor em quase todas as posições, menos no gol. A gente visualiza um 2020 mais competitivo que 2019", declarou o presidente.

O nome mais cotado para assumir o Internacional é o do argentino Eduardo Coudet, técnico do Racing. Ontem (7), o time já havia confirmado a permanência de Rodrigo Caetano como dirigente na próxima temporada.

O Internacional terminou o Brasileirão em sétimo, posição que assegura uma vaga na fase preliminar da Libertadores de 2020.

Esporte