Topo

Próximo rival no UFC aconselha Frankie Edgar a se aposentar: "Não pode lutar para sempre"

Ag. Fight

21/11/2019 07h00

Aos 38 anos, Edgar já travou mais de 30 combates como profissional de MMA - Diego Ribas

Veterano do MMA, Frankie Edgar está prestes a realizar sua estreia na terceira categoria de peso diferente no Ultimate. Ex-campeão peso-leve (70 kg) e recentemente competindo nos pesos-penas (66 kg) - onde disputou o cinturão em três oportunidades -, o americano resolveu se aventurar na divisão dos pesos-galos (61 kg) em seu próximo compromisso com a liga. Seu próximo adversário, entretanto, não aprova a empreitada de 'The Answer'. Na opinião de Cory Sandhagen, o atleta da 'Ricardo Almeida Jiu-Jitsu' já deveria ter se aposentado do esporte.

Em entrevista ao site 'MMA Junkie', o jovem talento dos pesos-galos reconheceu o legado de Edgar no esporte. No entanto, de acordo com Sandhagen, o veterano americano deveria saber a hora de pendurar as luvas. Descer de categoria pode ser benéfico em termos de competitividade, mas, segundo Cory, não evitará outro revés dentro dos octógonos. Os dois se enfrentam na co-luta principal do UFC Raleigh, agendado para o dia 25 de janeiro.

"Por mais que eu odeie dizer isso, você teve seu reinado no UFC. Você foi muito bem, se tornou uma lenda. Venceu caras muito duros e foi o campeão por um tempo. Era a sua época. É a época de outra pessoa agora, você não pode lutar para sempre. Sei que todos nós amamos lutar. Eu temo pelo dia que vou ter que tomar a decisão de me aposentar também. Será um dia muito difícil", destacou Cory, antes de aconselhar Edgar.

"Ele é um cara que precisa encerrar (sua trajetória) no esporte. Ele fez tudo que precisava. Então para que fazer isso? Descer para os galos não vai fazer ele ganhar uma fortuna. Ele vai continuar encarando caras de alto nível com novas habilidades, que fazem as coisas de forma diferente, como eu. É duro para ele", completou a revelação dos pesos-galos.

Na melhor fase de sua carreira, embalado por sete vitórias consecutivas, Sandhagen está com a confiança em alta. Atual número 3 do ranking e de olho no cinturão da categoria, o americano lamentou o fato de ter que encarar uma lenda do MMA - do qual Cory admitiu ser fã - em seguida, a fim de vislumbrar voos maiores na divisão até 61 kg do Ultimate.

"É quase uma pena para mim, porque realmente gosto do Frankie. Sempre fui um grande fã do Frankie e não queria ser o cara a colocar uma marca em sua carreira. Mas é meu trabalho, e é isso que vou fazer. Sem querer parecer arrogante. Mas ele lutar comigo em sua estreia descendo para os galos? É duro para ele. Para ser sincero, não acho que a resposta para ele era descer de divisão de peso, acho que o Frankie vai se sentir um pouco melhor nos galos se ele perder o peso corretamente. Mas me encarar é o pesadelo de quase todos na categoria", concluiu o lutador de 27 anos.

Além do confronto entre os dois pesos-galos, o UFC Raleigh já conta também com sua luta principal definida. Trata-se do confronto entre Junior 'Cigano' e Curtis Blaydes, pela categoria dos peso-pesados.

 

 

Esporte