Topo

Inter entrega imagens de vandalismo no Beira-Rio para Polícia Civil

Fachada do Beira-Rio ficou em chamas após confusão com torcedores do Inter - Marinho Saldanha/UOL
Fachada do Beira-Rio ficou em chamas após confusão com torcedores do Inter Imagem: Marinho Saldanha/UOL
do UOL

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

23/09/2019 17h28

O Internacional identificou algumas pessoas que participaram dos atos de vandalismo no Beira-Rio após o vice-campeonato da Copa do Brasil, na última quarta-feira. As imagens do sistema de câmeras do estádio foram repassadas à Polícia Civil.

Em nota oficial, o clube ainda esclareceu que está buscando tomar atitudes contra a revenda de carteiras de associados.

Os atos de vandalismo tomaram o entorno do estádio depois da derrota para o Athletico Paranaense no jogo de volta da decisão. Um princípio de incêndio no Portão 7, depredações e conflitos foram registrados nos momentos que sucederam o jogo.

Segundo a nota do Inter, a apuração terá sequência com as imagens entregues à policia, pois alguns dos aficionados que participaram do ato não haviam entrado no estádio.

Confira a nota do Internacional

Consciente de que o Beira-Rio é a casa de todos os colorados e coloradas, e sempre visando a oferecer a melhor e mais confortável experiência para a sua torcida, o Internacional, pautado pela transparência, vem, por meio desta, apresentar as medidas adotadas pelo Clube em relação aos incidentes que envolveram a partida da última quarta-feira (18/9), data da finalíssima da Copa do Brasil. Confira:

1 - Quanto às revendas de carteiras por parte de associados/as a terceiros, a administração do Clube tem realizado uma apuração de cada caso reportado à Ouvidoria e subsequente encaminhamento de denúncias à Comissão de Ética do Sport Club Internacional;

2 - No que se refere aos danos causados ao patrimônio do Clube por ocasião de tumultos realizados ao final da partida (em especial ao incêndio ocorrido no Portão 7 a partir do lançamento de um sinalizador/fogo de artifício na fachada do Estádio), já foram registradas as devidas ocorrências policiais. Cópias dos vídeos onde aparecem os responsáveis, encaminhadas para a Polícia Civil, visto que alguns torcedores não acessaram o estádio;

3 - O Internacional ainda trabalha na identificação dos autores de depredações para possíveis apurações administrativas e também criminais.

Esporte