Topo

Mesmo após protestos, Love pede manutenção da identidade de se defender bem

Vagner Love, atacante do Corinthians - Gabriel Carneiro/UOL Esporte
Vagner Love, atacante do Corinthians Imagem: Gabriel Carneiro/UOL Esporte
do UOL

Flavio Latif

Do UOL, em São Paulo (SP)

20/09/2019 11h47

O atacante Vagner Love afirmou, em coletiva de imprensa na manhã de hoje no CT Joaquim Grava, que o Corinthians deve 'manter sua identidade de se defender bem', mesmo após os protestos da Gaviões da Fiel contra o estilo de jogo do técnico Fábio Carille.

"Criamos uma forma de jogar. O Corinthians sempre foi uma equipe, nos últimos anos, que se defendia muito bem e ficava com a bola, ganhava por 1 a 0 e 2 a 1 e foi campeão brasileiro. O Corinthians tem identidade de se defender bem e sair no contra-ataque e foi assim que o Corinthians foi campeão nos últimos anos. Dessa maneira fomos campeões paulistas e dessa maneira. Nós podemos ser campeões da forma que estamos jogando", afirmou o jogador.

Após a derrota por 2 a 0 para o Independiente del Valle, pela partida de ida da semifinal da Copa Sul-Americana, muitos torcedores acreditaram que o principal culpado foi o técnico Fábio Carille. O centroavante fez questão de eximir o comandante da culpa e ressaltou que todos os jogadores do elenco também devem ser cobrados pelo desempenho ruim.

"Tivemos melhorias significativas com a parada da Copa América. A gente tinha números muito baixos antes da Copa América. Depois o Carille fez com que a gente melhorasse em vários aspectos. A cobrança não pode cair só no Carille, mas sim em todos. Ele que monta a equipe, a estratégia, mas nós que precisamos executar a estratégia. Errou o Carille, mas nós erramos também. É 50% culpa nossa e 50% dele, precisamos dividir as culpas e as responsabilidades", completou Love.

Amanhã, o Corinthians enfrenta o Bahia, às 19h (de Brasília), na Arena Corinthians, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. Nos treinos desta semana, o técnico Fábio Carille não deu nenhum indício da equipe titular que jogará contra tricolor baiano. No entanto, Vagner Love deu a entender que alguns titulares podem estar em campo.

"Vai depender do Carille. Todo mundo vai ter avaliação da parte médica e Carille vai tomar a melhor decisão, vai escalar uma melhor equipe para fazermos um bom jogo amanhã", concluiu.

Mais Esporte