Topo

Atlético-MG permite virada para o Colón nos minutos finais de semifinal

Cazares, durante partida entre Atlético-MG e Colón -  REUTERS/Agustin Marcarian
Cazares, durante partida entre Atlético-MG e Colón Imagem: REUTERS/Agustin Marcarian
do UOL

Do UOL, em Belo Horizonte

19/09/2019 23h22

O Atlético-MG perdeu por 2 a 1 para o Colón, da Argentina, na noite de hoje, pela partida de ida da semifinal da Copa Sul-Americana 2019. Chará, em um lance de sorte, abriu o placar no estádio Cemitério dos Elefantes, em Santa Fé. Wilson Morelo, em jogada de escanteio, igualou o marcador no segundo tempo. Nos minutos finais, Luis Rodríguez virou o confronto.

Com o resultado, o Galo precisa de um triunfo simples para chegar à finalíssima do torneio continental pela primeira vez na história. O jogo de volta será na próxima quinta-feira (26), no Mineirão. Uma igualdade leva os argentinos para a decisão.

Quem se classificar nesta disputa enfrentará o vencedor do confronto entre Corinthians e Independiente Del Valle, do Equador. Os equatorianos venceram o primeiro jogo por 2 a 0 na Arena Corinthians.

Quem foi bem: Emanuel Olivera

O zagueiro do Colón foi o principal nome da partida ocorrida no estádio Cemitério de Elefantes. Com boa marcação, impediu que Di Santo criasse oportunidades contra o time argentino. O defensor se aproveitou da falta de forma física do atleta para pressioná-lo e evitar que tivesse liberdade para chegar ao gol. Com inteligência, foi o principal nome do sistema defensivo do Colón.

Quem foi mal: Marcelo Estigarribia e Zé Welison

Estigarribia foi quem falhou no lance que culminou no gol de Yimmi Chará. Ele tentou afastar o perigo com um chutão, mas mandou em cima do atacante do Atlético. Na sequência, a bola foi para o fundo da rede. O meio-campista errou em um dos lances capitais do confronto.

Zé Welison não vive um bom momento pelo Atlético na temporada. O volante falhou em alguns lances na intermediária defensiva e cometeu faltas desnecessárias. Em uma delas, bateu com a mão na bola e, em outra, matou uma jogada que poderia ser contida pelo sistema defensivo. Ele ainda cometeu erros com a bola nos pés. Ambos culminaram em boas chegadas do time visitante.

De volta ao time titular, Juan Cazares tem atuação apagada

O meia equatoriano retomou a condição de titular do Atlético-MG no jogo de hoje, diante do Colón. Reserva da equipe no último domingo — revés para o Inter em pleno Independência —, Cazares deixou a desejar contra os argentinos. Pouco criou no setor ofensivo, mesmo com toda a qualidade que tem. Não à toa foi o primeiro a deixar o campo por opção técnica. O camisa 10 foi substituído por Rómulo Otero no segundo tempo do jogo.

Atlético-MG faz gol mesmo sem finalizar no 1º tempo

O Atlético não finalizou contra o gol de Leonardo Burián no primeiro tempo do jogo e, mesmo assim, balançou a rede adversária. Fechado no campo de defesa e apostando em contra-ataques, o visitante não conseguiu criar oportunidades porque o time da casa também não se arriscava muito. Sem chutar contra a meta rival, o Galo abriu o placar. Em um lance de sorte, Chará desviou um chutão de Estigarribia e mandou para o fundo da rede.

Colón tenta controlar o jogo, mas só marca em bola parada

Com mais posse de bola, o Colón tentou controlar o confronto na Argentina. No entanto, encontrou dificuldades para chegar ao setor ofensivo e pouco perigo levou ao gol de Cleiton no primeiro tempo. A equipe melhorou na etapa final, mas só conseguiu marcar seu primeiro gol em um escanteio. Emanuel Olivera desviou e, na sequência, Wilson Morelo estufou a rede.

Zaga do Atlético vacila no fim e permite virada aos argentinos

O Atlético vinha segurando um valioso empate nos minutos finais do confronto ocorrido no estádio Cemitério dos Elefantes, em Santa Fé. No entanto, em um vacilo da defesa, Luis Rodríguez balançou a rede dos mineiros e garantiu o triunfo ao mandante.

Ficha técnica
Colón (ARG) 2 x 1 Atlético-MG

Motivo: ida da semifinal da Copa Sul-Americana
Local: Estádio Brigadier General Estanislao López (Cemitério dos Elefantes), em Santa Fé, na Argentina
Data: 19 de setembro de 2019 (quinta-feira)
Horário: às 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Alexis Herrera (VEN)
Assistentes: Carlos López (VEN) e Luis Murillo (VEN)
VAR: Nicolas Gallo (COL)

Gol: Chará - 35'/1ºT (0-1); Wilson Morelo - 6'/2ºT (1-1); Luis Rodríguez - 40'/2ºT (2-1)

Cartão amarelo: Alex Vigo (Colón); Di Santo (Atlético-MG)

Colón (ARG)
Leonardo Burián; Alex Vigo, Guillermo Ortiz, Emanuel Olivera e Gonzalo Escobar (Bernardi); Rodrigo Aliendro, Federico Lertora, Fernando Zuqui e Marcelo Estigarribia; Luis Rodríguez (Tomás Chancalay) e Wilson Morelo.
Técnico: Pablo Lavallén.

Atlético-MG
Cleiton; Patric, Réver, Igor Rabello e Fábio Santos; Zé Welison, Elias, Chará, Vinícius (Nathan) e Juan Cazares (Rómulo Otero); Franco Di Santo (Alerrandro).
Técnico: Rodrigo Santana.

Mais Esporte