Topo

Autoridades retomam buscas por avião em que viajava Emiliano Sala

do UOL

Do UOL, em São Paulo

24/01/2019 06h30

Na manhã desta quinta-feira (24), as autoridades de Guernsey, ilha localizada na parte britânica do Canal da Mancha, retomaram a operação de busca pelo avião em que viajava o argentino Emiliano Sala. Atleta e piloto estão desaparecidos desde a noite da última segunda-feira (21).

"Estamos iniciando uma procura costeira usando o plano de busca aérea pelas ilhas de Bourhou, os Casquets, Alderney, a costa norte da península de Cherbourg, costa norte de Jersey e, depois, uma volta sobre Sark", informou a polícia de Guernsey por meio da conta oficial no Twitter.

Leia também:

Emiliano Sala viajava de Nantes para Cardiff para se apresentar ao seu novo clube no Pais de Gales. Apesar disso, seu avião perdeu sumiu do radar no momento em que estava sobrevoando o Canal da Mancha

O atacante foi contratado pelo Cardiff por 15 milhões de libras esterlinas (R$ 74,9 milhões segundo a cotação atual).

Na última terça-feira (22), um áudio que Sala enviou para alguns amigos foi vazado. Nele, o jogador fala sobre o cansaço da viagem e se queixa do avião, dizendo que ele estava "caindo aos pedaços"

"Olá, irmão, como estão? Estou morto. Estive em Nantes fazendo coisas, coisas, coisas, coisas e coisas. Não termina nunca. Estou aqui no avião que parece que está caindo aos pedaços. Estou indo para Cardiff, onde amanhã à tarde vamos treinar no novo time, ver o que acontece. Como vocês estão? Tudo bem? Se em 1h30 não tiverem novidades minhas, não sei se vão mandar alguém me buscar, porque não vão me encontrar, mas já sabem. Papai, que medo", diz Sala no áudio. 

Na quarta-feira (23), Martín Molteni, amigo de Sala, lamentou o vazamento do áudio. "Lamentamos o vazamento de uma mensagem privada. Era um áudio em um grupo de amigos. Queremos que a busca continue até as últimas consequências. Queremos que façam todo o necessário para que ele apareça".
 

Mais Esporte