PUBLICIDADE
Topo

Graça revela berros da esposa e choro ao ser convocado para Pré-Olímpico

Ricardo Graça comemora gol do Vasco contra o Santos -      Thiago Ribeiro/AGIF
Ricardo Graça comemora gol do Vasco contra o Santos Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF
do UOL

Danilo Lavieri

Do UOL, em Armênia (Colômbia)

17/01/2020 19h17

Ricardo Graça foi chamado de última hora para a seleção brasileira sub-23 que vai disputar o Pré-Olímpico na Colômbia. O zagueiro do Vasco revelou muita emoção e gritaria na sua casa quando recebeu a notícia.

Ele foi chamado ontem (16) à noite para o lugar de Walce, que rompeu os ligamentos do joelho esquerdo durante jogo-treino na Granja Comary e precisou ser cortado.

"Acreditei desacreditando, com pé atrás. O primeiro que me ligou foi meu empresário. Eu estava com a minha noiva, que começou a gritar. Foi aquele choque de realidade. Depois me ligou o diretor do Vasco, o Mazuco, mas eu ainda estava meio sem acreditar. Aí depois recebei a mensagem: 'boa noite, Ricardo Graça, você foi convocado para a seleção pré-olímpica'. Aí eu comecei a desabar, chorei e agradeci a Deus, à minha família", afirmou o atleta.

Graça conta que tão logo que recebeu a notícia ele recebeu a visita dos seus pais, que o acompanharam até o aeroporto praticamente na mesma hora para a viagem. Já nesta sexta-feira (17), ele se apresentou à delegação e participou do treinamento.

"Meus pais foram em casa e já partimos para o aeroporto porque não tinha tempo. Eles iam me pedir um táxi, mas eu logo falei que não precisava, que o meu pai ia me levar no aeroporto. Já me deram o check-im todo feito e agora vamos treinar", disse o atleta sem conseguir esconder o sorriso no rosto.

"Estou um pouco cansado, mas em êxtase. Depois que você recebe a notícia, nem que eu tivesse virado sem dormir eu estaria aqui. Vim de executiva, deu para dormir tranquilão", finalizou.

Esporte