Topo

Rodízio japonês, Vila Belmiro e pool party: A vida do Toiss antes da Europa

do UOL

Beatriz Cesarini

Do UOL, em São Paulo

20/09/2019 15h00

O jornal espanhol "Mundo Deportivo" apresentou ontem (19) os parças de Neymar ao mundo. A matéria que ganhou o polêmico título "A espetacular vida dos Toiss: 11 mil euros por mês para ser amigo de Neymar" chamou atenção justamente por falar sobre um suposto "salário" que amigos recebem do atacante do Paris Saint-Germain.

Apesar da recém-adquirida fama mundial, o grupo já era conhecido dos brasileiros que acompanham o craque fora dos gramados e tem aproveitado cada vez mais a vida de glamour ao lado de Neymar na Europa ou em festas ao redor do globo. Mas você lembra como eram os "Toiss" antes do jogador deixar o Santos rumo ao Barcelona?

O UOL Esporte relembra a trajetória de Jota Amâncio, Gil Cebola e outros parças.

Amizade de respeito tem que ter montagem de fotos nos primórdios do Instagram, não é? Jota Amâncio já homenageou o menino Ney assim

??

A post shared by Amancio (@jotaamancio) on

A famosa selfie no elevador pré-evento

Evento com os #guerras @njunior11 @guustavo92 !!!

A post shared by Amancio (@jotaamancio) on

Aquele bom e velho rodízio japonês também fazia parte do rolê dos "Toiss"

Vem com #tois no japonês

A post shared by Gilmar (@gilcebola) on

Amizade de mais de 10 anos como a de Neymar e Gustavo tem clique no espelho do carro

Boa sorte hj irmão! @njunior11 ?

A post shared by Gustavo Almeida (@novogu) on

Será que Neymar chegou com os refris para esse rolê eternizado por Gil Cebola?

Totototoiss hã? Que? Porque? Do que?

A post shared by Gilmar (@gilcebola) on

Uma coisa não se pode negar: nunca faltou estilo aos Toiss

E essa pool party maneira registrada por Gui Pitta?

E a legenda do Gil Cebola já diz tudo: "As fotos vão envelhecer... Mais (sic) amizade por vocês sempre vou ter!"

E quando tinha Ney com o Santos na Vila Belmiro, os Toiss sempre batiam cartão para apoiar o parça

VilaBelmiro

A post shared by Gilmar (@gilcebola) on

Como Neymar poderia abandonar essa galera quando chegou à Europa? Ele levou os "Toiss" junto com ele

Mais Esporte