Topo

Justin Gaethje confirma fama e nocauteia Cerrone no UFC Canadá

Ag. Fight

14/09/2019 23h55

A luta principal do UFC Canadá contou com o aguardado embate entre dois dos mais empolgantes lutadores peso-leve (70 kg) da organização. E o combate, que prometia terminar antes dos assaltos totais estipulados não decepcionou. Justin Gaethje conseguiu a vitória sobre Donald 'Cowboy' Cerrone ainda no primeiro round.

Com o resultado, Justin Gaethje - atual quinto colocado no ranking da divisão - se aproxima de uma futura disputa pelo cinturão da categoria, atualmente em poder do russo Khabib Nurmagomedov. Gaethje vinha de dois triunfos consecutivos, sobre James Vick e Edson Barboza, após sofrer as duas primeiras derrotas da carreira em sequência.

"Esse cara é ótimo, muito difícil lutar com um amigo, mas que cara legal, que esporte maneiro", declarou Cerrone, ainda no octógono.

"O irlandês está aposentado. Eu quero o vencedor de Khabib (Nurmagomedov) e Tony Ferguson", afirmou Gaethje.

A luta:

O primeiro round vinha equilibrado, com ambos os lutadores se respeitando bastante. Cerrone buscava usar sua maior envergadura para manter a distância, enquanto Gaethje tentava aproximar para soltar seus golpes potentes. Faltando menos de um minuto para o fim do assalto inicial, Gaethje aplicou um cruzado de direita fortíssimo que levou o adversário à knockdown. Com o 'Cowboy' tentando se recuperar, Justin aplicou mais alguns socos e obrigou a paralização do árbitro. Vitória por nocaute técnico.

Confira os resultados do UFC Canadá:

Justin Gaethje venceu Donald Cerrone por nocaute;
Glover Teixeira venceu Nikita Krylov por decisão dividida;
Todd Duffee vs. Jeff Hughes - No Contest (sem resultado);
Tristan Connelly venceu Michel 'Demolidor' Pereira por decisão unânime dos juízes;
Uriah Hall venceu Antônio 'Cara de Sapato' por decisão dividida dos juízes;
Misha Cirkunov venceu Jim Crute por finalização;
Augusto Sakai venceu Marcin Tybura por nocaute;
Miles Johns venceu Cole Smith por decisão dividida;
Hunter Azure venceu Brad Katona por decisão unânime;
Chas Skelly venceu Jordan Griffin por decisão unânime dos juízes;
Louis Smolka venceu Ryan MacDonald por nocaute técnico;
Austin Hubbard venceu Kyle Prepolec por decisão unânime dos juízes.

Esporte