Topo

Peruanos e cortesias mudam clima da "silenciosa" Copa América no Maracanã

REUTERS/Pilar Olivares
Torcida do Peru no jogo contra a Bolívia: festa no Maracanã Imagem: REUTERS/Pilar Olivares
do UOL

Leo Burlá e Rodrigo Mattos

Do UOL, no Rio de Janeiro

2019-06-19T04:00:00

19/06/2019 04h00

Ao contrário do pouco barulhento Maracanã que recebeu a partida entre Paraguai e Qatar, o estádio carioca viveu um dia mais típico de futebol com o encontro entre Peru e Bolívia, que terminou com vitória peruana por 3 a 1.

No duelo de sul-americanos, milhares de peruanos coloriram o estádio e conferiram ao jogo um ambiente que pouco tem sido visto na Copa América até o presente momento. Com bandeiras, músicas e apoio durante os 90 minutos, os fãs de Guerrero e companhia fizeram a festa.

Mas a maioria vermelha e branca contou com uma ajuda "oficial" para que a partida tivesse a arquibancada também como protagonista. Com estádios semidesertos até aqui, o Comitê Organizador Local (COL) ampliou a distribuição de ingressos, o que impactou diretamente na atmosfera.

"Foi uma gente maravilhosa que nos apoiou. Nos deixa contente que nós tenhamos alegrado a multidão que veio com uma vitória. Para a gente que nos segue, era importante dar uma boa vitória", disse o técnico Ricardo Gareca.

Pelos números divulgados oficialmente, 17.550 pessoas pagaram para assistir à vitória peruana por 2 a 1. A estes se somaram 8.796 que entraram com cortesias, o que dá praticamente um terço do público presente. A renda foi de R$ 4,9 milhões.

Após duas partidas, o Maracanã volta a receber seu último jogo da fase de grupos na próxima segunda-feira, quando Uruguai e Chile se enfrentam no Rio de Janeiro, às 20h.

Mais Esporte