PUBLICIDADE
Topo

Proximidade com Uruguai pode ajudar Boca Juniors a ter Cavani, diz jornal

Edinson Cavani, do PSG, pode se transferir para o Boca Juniors e ficar mais próximo da família - STEPHANE MAHE / REUTERS
Edinson Cavani, do PSG, pode se transferir para o Boca Juniors e ficar mais próximo da família Imagem: STEPHANE MAHE / REUTERS
do UOL

Do UOL, em Porto ALegre

31/03/2020 08h29

No Uruguai, Edinson Cavani aproveita o período de paralisação no futebol para descansar. E os momentos com a família podem pesar na opção de se transferir para o Boca Juniors. Caso complete o acordo, ele teria liberdade para repetir isso com maior frequência, algo que pesaria na avaliação do atleta, segundo o jornal Olé. Enquanto isso, a direção do clube argentino parece otimista.

"É um desejo e uma possibilidade", disse o membro do conselho de futebol e ex-zagueiro Jorge Bermúdez. "Não me parece que seja por dinheiro, e sim que há sinais claros que ele quer jogar no Boca", completou em entrevista à Rádio Boca Seléccion.

Segundo publica hoje o jornal Olé, Cavani já teria relatado a pessoas próximas que realmente pretende assinar com o clube e aguarda a reabertura do mercado para firmar posto.

Além da proximidade com a família, Cavani teria o desejo de conquistar a Libertadores. Jogador de sucesso na Europa e com participação em Copa do Mundo, ele jamais ergueu a taça de clubes mais importante do continente.

A ideia do Boca é firmar acordo ao fim do vínculo dele com o PSG, que se aproxima. Com 33 anos, Cavani está desde a temporada 2013/2014 no clube francês. Nesta temporada foram 22 jogos com sete gols marcados. O único clube que ele defendeu na América do Sul foi o Danúbio, do Uruguai, no início da carreira.

Esporte