PUBLICIDADE
Topo

Como Caio Henrique poderá mudar o perfil da lateral esquerda do Grêmio

Caio Henrique deve ganhar espaço no elenco do Grêmio no returno do Campeonato Gaúcho - Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Caio Henrique deve ganhar espaço no elenco do Grêmio no returno do Campeonato Gaúcho Imagem: Lucas Uebel/Grêmio FBPA
do UOL

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

28/02/2020 04h00

Resumo da notícia

  • Caio Henrique ganhará espaço com o passar do tempo no Grêmio.
  • Renato Gaúcho explicou que ele e Cortez são diferentes e por isso irá alternar quem ocupa a lateral esqueda.
  • O jogador encara com naturalidade a disputa por posição com o colega.
  • Menos físico e mais técnico, sua entrada acarretará mudança na movimentação do flanco canhoto.

Caio Henrique começará o returno do Campeonato Gaúcho com um objetivo no Grêmio: assumir a titularidade. Depois de alternar com Cortez na lateral esquerda, o ex-jogador do Fluminense recebe elogios nos bastidores e mira se firmar no time.

A entrada dele significa uma mudança sensível na forma de jogar do time. Com Cortez estabilizado, o Grêmio acostumou-se a soltar-se de forma diferente por ali.

Com um jogador mais técnico na direita, Alisson tinha parceria para tramar em jogadas curtas e buscando aproximações. Já Everton, no lado canhoto, tinha conexão com um colega de capacidade física e imposição. Por isso explorava e tinha alternativas de enfiadas em velocidade e jogadas individuais agressivas.

Caio, por sua vez, é mais parecido com Victor Ferraz do que com Cortez. Ao invés de buscar vitória pessoal através da "saúde", procura tramar curto e posiciona-se procurando tabelas. Everton, adaptado ao parceiro anterior, terá que encontrar a melhor forma de trabalhar com o novo companheiro.

Mas a mudança dependerá de vários fatores. Depois de entrar em dois jogos, Caio percebe uma disputa sadia e quer conquistar seu espaço em jogos e treinamentos.

"A competição é bastante saudável. Estou com a cabeça bem tranquila e vim para conquistar meu espaço no dia a dia. Todo jogador quer jogar e se tiver oportunidade vou dar meu melhor. O que o professor escolher vai entrar lá e dar seu máximo", disse. "Com jogadores de alto nível fica mais fácil a adaptação. Tem horas que um entra ou outro, depende muito do que o jogo pede. O professor para as instruções e vai muito do momento da partida", completou.

Contra o Caxias, Renato optou pela troca para dar maior poder ofensivo ao time. Segundo ele, Caio é um lateral de apoio, Cortez mais defensivo.

"Estou bem tranquilo e sei que estou num grande clube. Tenho que me dedicar todos os dias. Se for para entrar ou começar jogando, vou sempre dar meu máximo. Fico feliz por contribuir", disse. "Vai depender muito do jogo. Vamos ter jogos que precisaremos de um lado esquerdo que ataque mais, outros que tenha mais cuidado. Não adianta ficar só atacando e atacando. Os times observam os pontos fracos dos adversários. Teremos jogos em que será necessário um lado esquerdo mais forte. Vai depender do que o professor entender para as partidas", completou.

Caio Herique deverá ser titular na partida deste sábado, às 11h (de Brasília), contra o Juventude, que abre o returno do Gauchão.

Esporte