PUBLICIDADE
Topo

Jogador uruguaio é acusado de agredir namorada; em nota, clube repudia

Montevideo Wanderers divulgou nota para "condenar, repudiar e rechaçar" atitude de Nicolás Albarracín (foto); clube anunciou que avalia a situação - @mwfc_oficial/Twitter
Montevideo Wanderers divulgou nota para "condenar, repudiar e rechaçar" atitude de Nicolás Albarracín (foto); clube anunciou que avalia a situação Imagem: @mwfc_oficial/Twitter
do UOL

Do UOL, em São Paulo

09/12/2019 15h14

Nicolás Albarracín, meio-campista do Montevideo Wanderers, é protagonista de um caso de gerou grande repercussão no Uruguai no último final de semana. Segundo imagens, o atleta teria agredido a atriz Natalia Camilo, sua namorada.

O conteúdo foi divulgado pela atriz argentina Nazarena Vélez, amiga de Natalia Camilo, nas redes sociais. Nazarena afirmou que recebeu o vídeo da própria amiga, e decidiu publicá-lo sem permissão. O casal já estaria separado há alguns dias, o que dá a entender que a gravação já existia há algum tempo.

"Vou viralizar algo que minha amiga Natalia Camilo (...) vem passando há algum tempo e que não pode expressar, como toda mulher que está passando por um momento de violência, ainda mais quando vem de muitos anos. Se não pode contar, precisa pedir ajuda. Creio que, ao meu mandar este vídeo, ela estava me pedindo ajuda", justificou ela na publicação.

Nas cenas divulgadas por Nazarena, é possível ver o homem identificado como Albarracín agarrando uma mulher com força durante uma discussão. Ela, por sua vez, chora e pede repetidas vezes para que ele o solte.

No domingo, Natalia Camilo foi a apresentadora de um evento na cidade de Sarandi Grande, ao norte do Uruguai. Segundo o site uruguaio TV Show, o jogador esteve no local e se desentendeu com a namorada. Policiais foram chamados para apartar o casal.

A apresentadora, consultada pelo veículo, preferiu não comentar a respeito. Os dois estavam juntos desde 2014, embora tenham rompido por alguns meses em 2018.

Na manhã de hoje, o site oficial do Montevideo Wanderers divulgou uma nota oficial para anunciar que condena as ações do jogador. Embora não tenha citado o nome de Nicolás Albarracín no texto, o Wanderers se prontificou a avaliar a situação.

"Diante da difusão, nas redes sociais, de imagens de violência que envolvem um jogador de nossa instituição, o MWFC quer condenar, repudiar e rechaçar categoricamente as mesmas. Ao mesmo tempo, (o clube quer) reiterar o mais absoluto compromisso com a erradicação de todo tipo de violência na sociedade, particularmente contra as mulheres. A luta permanente para combater a violência de gênero é também do MWFC. A direção se encontra em sessão permanente para avaliar a situação e tomar medidas que correspondam", diz o texto.

Brasil registra mais de 60 mil casos de agressão sexual por ano

redetv

Esporte