Topo

Por que Palmeiras se empolga com Pacaembu e "ignora" ausência do Allianz

Em seu último jogo no Pacaembu, Palmeiras goleou o Santos por 4 a 0 pelo Brasileiro - Daniel Vorley/AGIF
Em seu último jogo no Pacaembu, Palmeiras goleou o Santos por 4 a 0 pelo Brasileiro Imagem: Daniel Vorley/AGIF
do UOL

Leandro Miranda

Do UOL, em São Paulo

25/08/2019 04h00

O Palmeiras não poderá enfrentar o Grêmio no Allianz Parque no jogo decisivo das quartas de final da Libertadores, na próxima terça-feira (27). Por causa dos shows da dupla Sandy e Junior na arena alviverde neste final de semana, a partida terá que ser disputada no Pacaembu. Mas isso está longe de tirar o sono dos jogadores do Verdão. Pelo contrário. O bom gramado do estádio municipal - ante um certo desgaste em casa - e até o retrospecto 100% de Felipão fazem o alviverde ignorar o que poderia ser lamento.

O gramado do Allianz Parque tem sofrido críticas de jogadores neste ano. Em maio, o meia Moisés, que já não está mais no clube, reprovou a qualidade do "tapete". O caso mais recente aconteceu com o atacante Borja, que se lesionou sozinho na partida contra o Godoy Cruz, pela Libertadores, ao virar o pé no campo. Ele também deixou o estádio reclamando do estado da grama.

Na ocasião, a administração do Allianz Parque, que é feita pela WTorre exceto em dias de jogos, informou que o gramado havia sido atacado por um fungo, que já estava eliminado, e que um desgaste no centro do campo havia sido identificado, mas que o piso não estava desnivelado. O Pacaembu, por sua vez, está com o gramado em ótimo estado e recebeu até elogios do meia Gustavo Scarpa.

"Muda a estrutura do estádio, a do Allianz é bem melhor, cabe mais torcida. Mas o campo do Pacaembu acho que é o melhor do Brasil. É bom para o Grêmio devido ao estilo de jogo deles, mas é bom para nós também. A gente não fica pensando muito nas dificuldades que vamos encontrar, o estádio já está definido", analisou o jogador.

Além de a chance de a bola rolar melhor, o Palmeiras aposta no desempenho impecável que vem tendo no Pacaembu desde a volta de Felipão. Foram oito jogos e oito vitórias no estádio na atual passagem do treinador, incluindo uma contra o próprio Grêmio, por 2 a 0, pelo Brasileirão do ano passado (veja lista completa abaixo).

Sem jogar neste final de semana por causa do adiamento da partida contra o Fluminense, o Palmeiras vai apenas treinar até o dia da partida contra o Grêmio, terça, às 21h30. O Pacaembu estará lotado; todos os ingressos para a torcida da casa já foram vendidos. Após a vitória por 1 a 0 em Porto Alegre na partida de ida, o Verdão joga pelo empate para avançar às semifinais da Libertadores pelo segundo ano seguido.

Veja o desempenho do Palmeiras com Felipão no Pacaembu:

16/08/2018 - Palmeiras 1 x 0 Bahia (Copa do Brasil)

30/09/2018 - Palmeiras 3 x 1 Cruzeiro (Brasileiro)

14/10/2018 - Palmeiras 2 x 0 Grêmio (Brasileiro)

21/10/2018 - Palmeiras 2 x 1 Ceará (Brasileiro)

11/02/2019 - Palmeiras 2 x 0 Bragantino (Paulista)

16/03/2018 - São Paulo 0 x 1 Palmeiras (Paulista)

26/03/2018 - Palmeiras 5 x 0 Novorizontino (Paulista)

18/05/2019 - Palmeiras 4 x 0 Santos (Brasileiro)

Mais Esporte