Topo

Marreta revê luta contra Jones e diz que mereceu a vitória contra o campeão

Jon Jones tenta golpe para cima de Thiago Marreta no UFC 239 - Josh Hedges/Zuffa LLC
Jon Jones tenta golpe para cima de Thiago Marreta no UFC 239 Imagem: Josh Hedges/Zuffa LLC

Diego Ribas, em Las Vegas (EUA)

Ag. Fight

08/08/2019 10h36

O último confronto de Jon Jones, diante de Thiago "Marreta", foi o mais apertado que o americano já travou, ao menos em questão de resultado. Ao vencer por decisão dividida, o campeão meio-pesado (93 kg) viu pela primeira vez um árbitro considerar que ele saiu derrotado de uma luta. E não foi somente o juiz que teve essa opinião: o brasileiro afirmou que o combate deveria ter sido apontado a seu favor.

Durante entrevista exclusiva à Ag Fight, Marreta revelou que reviu o confronto recentemente e mudou sua opinião. Logo após a luta contra "Bones", o brasileiro havia concordado com a decisão dos árbitros responsáveis pela disputa. Mas apesar da nova visão, o atleta da "Tata Fight Team" evitou tecer qualquer tipo de reclamação sobre o resultado oficial do duelo.

"Eu vi uma vez só, vi semana passada. Dei um tempo para esfriar um pouco e depois assistir mais friamente. A luta foi bem apertada, mas se eu fosse o árbitro ali naquele dia, eu teria dado a luta para o 'Marreta'. Primeiro, segundo e quinto rounds (ao ser perguntado sobre quais assaltos foi superior que o americano)", opinou Thiago, antes de relembrar sobre como foi a mudança de opinião.

"Sempre tive isso na cabeça, e na maioria das vezes acontece. Quando você vai lutar contra um campeão, você tem que fazer duas vezes mais, é uma luta diferente. Você tem que provar muito mais do que uma luta normal. Quando terminou ali, enxerguei dessa forma (que tinha perdido) e pensei: 'poxa, não deu para fazer tudo que eu queria, então não fiz o suficiente para ganhar realmente'. A luta foi apertada também, não dá para ficar reclamando, poderia ter ido para mim ou para ele (a vitória). Mas se eu fosse o árbitro naquele dia, teria dado a vitória para o Marreta", completou o meio-pesado brasileiro.

Com lesão nos dois joelhos, Marreta ficará afastado dos octógonos até 2020. A tendência é que o brasileiro tenha condições de retornar ao Ultimate em julho da próxima temporada.

Mais Esporte