Topo

"O retorno de Neymar seria bom para ele e para o Barcelona", diz Rivaldo

Aurelien Meunier/PSG/Getty Images
Neymar fica fora de seleção da história do PSG feita por internautas e jornalistas do "L?Equipe" Imagem: Aurelien Meunier/PSG/Getty Images
do UOL

Do UOL, em São Paulo

2019-06-20T14:19:11

20/06/2019 14h19

Um dos maiores jogadores da história do futebol brasileiro, Rivaldo não ficou "em cima do muro" quando perguntado sobre um possível retorno de Neymar para o Barcelona. De acordo com o veículo espanhol Mundo Deportivo, o ex-atleta afirmou que, caso o atacante deixe o Paris Saint-Germain e retorne ao time catalão, faria uma grande escolha tanto para sua carreira como para a equipe espanhola.

"Eu adoraria que Neymar voltasse. Neymar seria bom para Barcelona e o Barcelona seria bom para Neymar. Eu preferiria que ele deixasse o PSG para jogar em Barcelona, não em Madri porque não seria bom para o Barça. Se eu faria um esforço econômico para evitá-lo? Sim o faria. Se ele for para Madri, deixaria o rival mais forte e isso não seria a melhor das opções para o Barcelona", afirmou o ex-jogador brasileiro.

Uma possível transferência em que o brasileiro deixaria o Paris Saint-Germain e retornaria ao Barcelona ganhou cada vez mais força depois do presidente e dono da equipe parisiense, Nasser Al Khelaifi, afirmar que não irá aceitar certas atitudes a partir da próxima temporada, ressaltando que os jogadores terão que estar comprometido com os objetivos do time ou poderão dserem negociados. Além disso, destacou que ninguém obrigou Neymar a assinar com o clube e que terá que entrar no projeto.

Além de destacar seu interesse no retorno do craque brasileiro, Rivaldo também comentou sobre a chance de Neymar brigar pela Bola de Ouro nos próximos anos. "Se ele vier, espero que ele mude de ideia, que pense no futebol, na possibilidade de vencer a Liga dos Campeões e na possibilidade de ser o melhor do mundo. Isso é muito importante para ele e ele pode alcançar isso no Barcelona".

Em sua carreira, Rivaldo se tornou um dos grandes jogadores da história do Barcelona, conquistando dois campeonatos espanhóis, em 1997/1998 e 1998/1999, uma Supercopa Europeia, em 1997, e uma Copa do Rei, em 1998. Também marcou seu nome com a camisa do Milan, sendo importante para a conquista da Liga dos Campeões na edição 2002/2003. Em 1999, o brasileiro conquistou a Bola de Ouro como melhor jogador do mundo na temporada.

Mais Esporte