Topo

Moral com o chefe! Presidente do UFC rasga elogios a Kron Gracie e Vicente Luque

Ag. Fight

2019-02-19T12:21:12

19/02/2019 12h21

Enquanto Kron Gracie teve uma estreia irretocável no UFC - com direito a finalização em pouco mais de dois minutos de luta -, Vicente Luque protagonizou o melhor duelo do evento desse domingo (17). Na ocasião, o 'Assassino Silencioso' levantou o público presente na arena montada em Phoenix (EUA), ao nocautear Bryan Barberena a seis segundos do fim do combate. E o bom desempenho dos brasileiros no octógono não passou despercebido por Dana White, o presidente da organização, que rasgou elogios aos atletas.

Em entrevista ao canal do UFC no YouTube (veja abaixo ou clique aqui), o mandatário destacou que Kron não se deixou abalar por ser estreante na maior organização de MMA do planeta. Além disso, o fato de um representante dos Gracie, a família mais tradicional no mundo das lutas, não conquistar uma vitória no Ultimate desde 1994 poderia pesar sobre as costas do carioca. Entretanto, isso também não parece ter desestabilizado o peso-pena (66 kg), que ainda levou o prêmio de 'Performance da Noite' após impressionar o chefe pelo desempenho contra Alex Caceres.

"Muito impressionado. Alex (Caceres) é um cara muito duro, muito liso no chão, boa trocação, e muito resistente. Ele é um garoto duro. Não me importa quem você é, de que família você veio, onde você lutou ou quantas pessoas o assistiram. Quando você luta pela primeira vez no UFC, todo mundo tem isso, fica nervoso. Algumas pessoas não se apresentam como fizeram em outros lugares. Aquele garoto (Kron Gracie) se apresentou. Ele foi incrível e venceu um lutador de verdade. Fiquei muito impressionado com ele", ressaltou o presidente do Ultimate.

Ao comentar sobre o duelo de Luque contra Barberena, White também não conteve a empolgação. Após quase três rounds inteiros de trocação franca entre os atletas, o brasileiro conseguiu nocautear seu adversário a menos de dez segundos do fim do combate. E a performance de ambos no octógono fez com que o embate fosse premiado como a 'Luta da Noite', o que garantiu a premiação extra de 50 mil dólares (cerca de R$ 185 mil) a cada um dos meio-médios (77 kg), conforme recordou o mandatário do UFC.

"Eu estava aplaudindo de pé ao fim de todos os rounds. Quando dois caras vão lá e se entregam daquela maneira... Eles obviamente ganharam o bônus de 'Luta da Noite', eles merecem. Foi uma luta muito, muito divertida e interessante de se ver. E o que é louco é que Bryan teria vencido se fosse para a decisão dos juízes. Não lembro exatamente em que momento foi, mas a luta estava quase terminando quando ele foi nocauteado", destacou.

Aos 30 anos, Kron Gracie está invicto na carreira profissional no MMA, com cinco vitórias. Já Luque, que chegou ao oitavo triunfo nas últimas nove apresentações que fez no Ultimate, finalmente entrou no ranking dos 15 melhores atletas de sua categoria. Até o momento, o meio-médio brasileiro soma 15 resultados positivos, seis negativos e um empate.

Mais Esporte