PUBLICIDADE
Topo

Antony busca informações do Ajax com David Neres e ouve conselhos de Pato

Antony durante o jogo contra o Oeste - Bruno Ulivieri/AGIF
Antony durante o jogo contra o Oeste Imagem: Bruno Ulivieri/AGIF
do UOL

José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

24/02/2020 04h00

O Ajax concretizou a contratação de Antony no último sábado (22). Como só vai se transferir para a Europa no segundo semestre, o jogador teve seu seguro regularizado e voltou a defender o São Paulo na vitória por 4 a 0 sobre o Oeste. Sem deixar de pensar no clube do Morumbi, o atacante já busca informações sobre a sua nova casa. Por isso, conversou com outra revelação de Cotia, David Neres, que atua na Holanda desde 2017.

"Já conversei, sim, com ele (David Neres), mandei mensagem", contou Antony, após o triunfo deste fim de semana.

Além de contar com as dicas de quem está no Ajax, o atacante também falou sobre a nova fase na carreira com jogadores do Tricolor paulista que são mais experientes e tiveram passagem pela Europa, além de integrantes da comissão técnica. Alexandre Pato, que atuou por muito tempo no futebol europeu, passando por Espanha e Itália, por exemplo, passou alguns conselhos para o garoto de 19 anos.

"Falei para ele aprender o mais rápido possível a língua para que ele possa chegar lá e se entrosar com o pessoal. Torço por ele, que é um menino muito do bem, tem uma família sensacional e agora tem um filhinho. Desejo toda a sorte do mundo, e que ele ajude bastante a gente nestes seis meses", disse Pato, que também elogiou a forma como o São Paulo conduziu a negociação.

"O Antony, todo mundo sabe, é um grande talento. Ele ajudou o Brasil a se classificar para a Olimpíada... Eu estava conversando com ele de como é incrível o São Paulo ter conseguido ficar com ele por mais seis meses. Quando eu fui para o Milan, o Inter tentou, mas o Milan insistiu que eu teria de ir para lá imediatamente. Passei seis meses lá trabalhando", completou Pato.

O técnico Fernando Diniz também conversou com o garoto e fez questão de elogiar a postura do pupilo. "Ele queria jogar contra o Corinthians mesmo sem o seguro. Ele tem muita gana de defender o São Paulo e pode ter certeza de que ele vai querer sair daqui com muita coisa boa para a torcida", afirmou o treinador.

Esporte