PUBLICIDADE
Topo

Lukaku sobre capa com teor racista em jornal: "Manchete mais burra que vi"

Capa do Corriere dello Sport - Reprodução
Capa do Corriere dello Sport Imagem: Reprodução
do UOL

Do UOL, em São Paulo

05/12/2019 18h45

O jogador Romelu Lukaku rebateu hoje no Instagram a capa com teor racista do jornal Corriere dello Sport, que colocou dois jogadores negros — Lukaku, da Inter de Milão, e Chris Smalling, da Roma - com a legenda "Black Friday".

"Em vez de focar na batalha entre os times... Corriere vem com a manchete mais burra que já vi na minha carreira. Vocês continuam incentivando a negatividade e o racismo em vez de falar sobre este jogo maravilhoso que será disputado no San Siro entre dois grandes clubes", escreveu o atacante belga.

"Educação é fundamental. Vocês da Corriere devem fazer um trabalho melhor sobre isso. Obrigado aos fãs e a outros jornalistas pelo apoio e vamos todos esperar o jogo de amanhã", completou.

Após a repercussão negativa, o jornal se defendeu. Em sua página principal da edição online, o Corriere Dello Sport afirmou, de forma ácida, que o título é "inocente" e foi 'transformado em veneno por quem tem veneno dentro.

Veja a nota na íntegra:

"Plataformas digitais? Eu diria caixotes de lixo. Composto de rancores nobres. Indignação barata. Um bom pensamento por dia mantém o médico afastado. Hoje em dia, exércitos de pessoas retas se reúnem na Web para tornar brancas suas belas almas.

Depois de identificar o racista de plantão, vá, dois toques no teclado e fora da mancha, você se sente um homem melhor em um mundo melhor. Branco, preto, amarelo Negar a diferença é o típico obstáculo macroscópico do racismo anti-racismo.

O suburra mental dos moralistas de domingo, quando quinta-feira também é domingo. "Black Friday", para quem quer e pode entender, foi e é apenas o elogio da diferença, o orgulho da diferença, a magnífica riqueza da diferença. Se você não entende, é porque você não pode fazer ou porque faz.

Um título inocente, por mais perfeitamente argumentado por Roberto Perrone, é transformado em veneno por quem tem o veneno dentro."

Esporte