Topo

O que Tite pode fazer para evitar a pior sequência da seleção em 18 anos

Lucas Figueiredo/CBF
Imagem: Lucas Figueiredo/CBF
do UOL

Bruno Grossi

Do UOL, em São Paulo

18/11/2019 18h50

Resumo da notícia

  • Seleção brasileira não vence há cinco partidas e agora enfrenta a Coreia do Sul
  • Se não ganhar, o Brasil atingirá a pior sequência desde 2001, com Leão e Felipão
  • A pior série da seleção foi entre 1990 e 1991, com Falcão como técnico
  • Tite está pressionado e deve fazer mudanças no time titular

Com a pressão causada por cinco jogos sem vitórias e atuações ruins, a seleção brasileira volta a campo às 10h30 de amanhã (19) para enfrentar a Coreia do Sul. A partida, marcada para Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, é a última da temporada para o Brasil e expõe a crise vivida por Tite.

O técnico nunca foi tão criticado como neste momento na seleção, ainda mais após o revés para a Argentina na última sexta-feira. Há reclamações sobre falta de ousadia e de espaço para novos nomes, enquanto velhos conhecidos seguem prestigiados mesmo sem corresponder. São os casos de Philippe Coutinho e Willian, por exemplo. Também há cobrança pelo fraco desempenho dos meio-campistas e da pouca movimentação do ataque.

Diante disso, Tite pode promover novidades na equipe titular para encarar os sul-coreanos. Renan Lodi pega a vaga de Alex Sandro na lateral esquerda. Marquinhos deve entrar no posto de Thiago Silva ao lado de Militão. E Fabinho assume a posição de Casemiro. Willian ainda cedeu espaço a Coutinho na ponta esquerda e Roberto Firmino, a Richarlison no comando do ataque.

Além dos problemas de desempenho, é preciso ainda encarar os efeitos dos resultados adversos — empates com Colômbia, Senegal e Nigéria e derrotas para Peru e Argentina. Se o Brasil não vencer novamente, estará nas mãos de Tite a pior sequência da seleção em 18 anos e a segunda pior da história. Em 2001, foram quatro jogos com Emerson Leão e dois com Luiz Felipe Scolari sem que os canarinhos triunfassem.

A pior marca é de sete partidas sem vitórias e foi registrada entre 1990 e 1991, sob o comando de Sebastião Lazaroni e, depois, Paulo Roberto Falcão. A série atual já é a terceira pior de todos os tempos, igualando uma de 2012 a 2013, com Mano Menezes e Felipão. Mano e Leão, na sequência de 2001, acabaram demitidos.

FICHA TÉCNICA:
BRASIL X COREIA DO SUL

Local: Estádio Mohammed Bin Zayed, em Abu Dhabi (Emirados Árabes)
Data/Hora: 19 de novembro de 2019, às 10h30 (de Brasília)
Árbitro: Ammar Al Jeneibi (Emirados Árabes)
Assistentes: Ahmed Al Rashidi e Jassem Abdulla Al Ali (ambos dos Emirados Árabes)

BRASIL: Alisson, Danilo, Militão, Marquinhos e Renan Lodi; Fainho, Arthur, Gabriel Jesus, Lucas Paquetá e Philippe Coutinho; Richarlison. Técnico: Tite.

COREIA DO SUL: Kim Seung-Gyu; Lee Yong, Kim Min-jae, Kim Young-Gwon e Kim Jin-Su; Lee Jae-Sung, Jung Woo-Young, Hwang In-Beom e Nam Tae-Hee; Hwang Ui-Jo e Son Heung-Min. Técnico: Paulo Bento.

Esporte