Topo

Sálvio Spínola vê pênalti não marcado em Gabigol contra Fluminense

O árbitro Anderson Daronco apita o confronto entre Vasco e Athletico - Thiago Ribeiro/AGIF
O árbitro Anderson Daronco apita o confronto entre Vasco e Athletico Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF
do UOL

Colaboração para o UOL, em São Paulo

20/10/2019 18h35

O Flamengo foi dominante e venceu o Fluminense por 2 a 0 hoje (20) no Maracanã, em jogo válido pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. E, na opinião de Sálvio Spínola, comentarista de arbitragem do Grupo Globo, a torcida rubro-negra, acredite, tem até motivos para reclamar da arbitragem, querendo um placar até maior.

Quando o líder já vencia por 1 a 0, o árbitro Anderson Daronco consultou seus assistentes de vídeo e foi ao monitor para avaliar um possível pênalti de Nino sobre Gabigol. Após alguns instantes, manteve a decisão de campo e marcou escanteio. Na visão de Spínola, foi um ato equivocado.

"Para mim, pênalti. O Nino não toca na bola. Ele vai só na perna do Gabigol. Ele teria que marcar esse pênalti", disse Sálvio durante a transmissão do Premiere.

Na opinião do comentarista Roger Flores, que também participou da transmissão, o VAR não deveria intervir na jogada. O ex-jogador avaliou que foi um lance interpretativo, apesar de entender que foi pênalti.

"Sobre o pênalti analisado no monitor. Eu acho que foi, mas acho que é interpretativo e que o VAR não tinha que entrar no lance. O Daronco acompanhou a jogada, estava perto do lance, viu dentro do campo e interpretou. Por isso, acho que o VAR é muito chato. Entra demais na partida", opinou.

Esporte