Topo

Robert Whittaker afirma que disputa contra Adesanya termina entre o segundo e terceiro round

Ag. Fight

22/08/2019 15h36

Robert Whittaker não perde um combate desde 2014 - Jon Roberts/ Ag Fight

Robert Whittaker está confiante na possibilidade de nocautear Israel Adesanya na unificação do cinturão peso-médio (84 kg), que acontece no dia 5 de outubro, na Austrália, pelo UFC 243. Ao canal do 'Youtube' 'Triple M', o campeão linear da categoria contou que enxergou brechas no jogo do rival em sua última apresentação. De acordo com o australiano, as falhas apresentadas pelo adversário contra Kelvin Gastelum o fazem acreditar em uma vitória antes dos cinco assaltos previstos para o combate.

Adesanya conquistou o cinturão interino dos médios, em abril deste ano, ao derrotar na decisão dos juízes Kelvin Gastelum após um confronto duro, no qual chegou até a sofrer um knockdown. Baseado nessa apresentação do oponente, Whittaker afirmou que pretende finalizar o combate antes do quinto e decisivo assalto.

"Se o Gastelum consegue colocar as mãos nele, eu também consigo botar as mãos nele. Honestamente, eu acho que eu vou nocauteá-lo. Eu, definitivamente, vou tentar finalizar a luta. Acredito que eu vou acabar com ele em algum momento entre o segundo e terceiro round", declarou o campeão linear dos médios.

Muitas provocações foram trocadas entre os rivais. A maioria por parte do africano. Apesar de sua declaração sobre finalizar Adesanya antes do término do confronto fazer parte do famoso trash talking, paradoxalmente, Whittaker se mostrou contrário a pratica da estratégia utilizada por diversos atletas hoje em dia, incluindo seu adversário.

"É outra mentalidade, diferente da que eu sempre tive. Eu não entendo o motivo do trash talking porque, literalmente, nós vamos punir um ao outro dentro de algumas semanas. Não tem nenhum motivo para isso. Qualquer coisa que você diga não significa nada", concluiu.

O UFC 243 está marcado para acontecer no 'Marvel Stadium', na cidade de Melbourne (AUS). Caso todos os ingressos sejam vendidos, a organização baterá o recorde de público presente em um evento. Apesar de representar a Austrália, Robert Whittaker nasceu na Nova Zelândia. Já Israel Adesanya, nascido na Nigéria, luta pela bandeira da Nova Zelândia.

Mais Esporte