Topo

Atalanta e Inter vão à Liga dos Campeões; Empoli é último rebaixado

2019-05-26T18:26:00

26/05/2019 18h26

Redação Central, 26 mai (EFE).- Com o título definido a favor da Juventus desde o dia 20 de abril, a última rodada do Campeonato Italiano, encerrada neste domingo, ainda teve emoção na parte de cima da tabela, com as classificações de Atalanta e Inter de Milão para a Liga dos Campeões, e lá embaixo, com a queda do Empoli.

A torcida da Atalanta comemora de maneira especial, já que a equipe da cidade de Bergamo disputará o principal torneio interclubes da Europa. A vaga foi obtida com uma grande arrancada, representada pela invencibilidade nas 13 partidas finais. Foram nove vitórias e quatro compromissos no período.

'La Dea' e Inter entraram na rodada final com a vantagem de dependerem apenas dos próprios resultados e confirmaram a classificação ao baterem Sassuolo e Empoli, respectivamente. O Milan até fez sua parte ao ganhar da Spal, mas ficou em quinto lugar e irá para a Liga Europa, assim como a Roma, sexta colocada, e a Lazio, que ficou em sétimo, mas conquistou o título da Copa da Itália.

Sem poder atuar em seu estádio, o Atleti Azzurri d'Italia, que está em reforma, a Atalanta levou seus dois últimos compromissos como mandante para o Città del Tricolore, casa do adversário, na cidade de Reggio Emilia.

Mesmo sem nada em jogo, o Sassuolo fez 1 a 0 aos 19 minutos do primeiro tempo, com gol de Berardi. Aos 35, Zapata empatou para o time de Bergamo, mas o resultado ainda não dava a vaga.

Na etapa final, com um a mais devido à expulsão de Berardi instantes antes do intervalo, o time mandante arrancou o placar favorável. 'Papu' Gómez virou logo aos oito minutos, e Pasalic selou o triunfo aos 20.

Contra um adversário que lutava para não cair, a Inter teve vida dura no San Siro. O placar ficou em branco até os seis minutos do segundo tempo, quando Keitá Baldé marcou para os donos da casa. Traoré empatou aos 31, o que tirava os 'Nerazzurri' da Champions e mantinha os visitantes na elite, mas tudo mudou cinco minutos depois, com o gol de Nainggolan, que definiu a vitória da equipe de Milão por 2 a 1.

Atalanta e Inter fecharam a campanha com 69 pontos cada, e o time dirigido por Luciano Spalletti ficou atrás no confronto direto. O Milan terminou com 68 após ter vencido a Spal por 3 a 2 na cidade de Ferrara.

Çalhanoglu e Kessié marcaram respectivamente aos 18 e aos 23 minutos de partida, e o heptacampeão europeu abriu 2 a 0. A equipe da casa, que terminou o campeonato em 13º lugar, chegou à igualdade graças a Vicare, que descontou aos 28, e Fares, que balançou a rede aos oito do segundo tempo. Kessié converteu cobrança de pênalti aos 21 e desempatou, dando números finais ao duelo.

No Estádio Olímpico da capital, a Roma se despediu de um de seus grandes ídolos, o volante De Rossi, que não teve o contrato renovado e deixa o clube após 16 anos - o número inclusive foi o usado pelo jogador no uniforme do adeus.

Os 'Giallorossi' encerraram a temporada derrotando o Parma, 14º colocado, por 2 a 1. Pellegrini abriu o placar aos 35 minutos do primeiro tempo. Aos 41 da segunda etapa, com De Rossi já substituído por Ünder, Gervinho marcou para os visitantes, mas Perotti sacramentou o triunfo da equipe do técnico Claudio Ranieri três minutos depois.

Em duelo contra a queda em Florença, Fiorentina e Genoa empataram em 0 a 0 e se salvaram juntos, com 41 e 38 pontos, respectivamente. O time de Gênova só se salvou porque o Empoli perdeu, parou também em 38 pontos e levou a pior no confronto direto, com duas derrotas, por 2 a 1 fora e 3 a 1 em casa. EFE

Mais Esporte