Topo

Inter cogita movimento arrojado e investimento de R$ 31 milhões em Aránguiz

do UOL

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

2019-04-25T12:00:00

25/04/2019 12h00

O Internacional sonha com a volta de Charles Aránguiz, meio-campista chileno que atuou no time gaúcho em 2014 e 2015 e atualmente defende o Bayer Leverkusen, da Alemanha. Ainda que não tenha negociação em andamento, segundo o vice de futebol Roberto Melo, um investimento arrojado que beira os R$ 31 milhões poderia ser imaginado.

"O Aránguiz não é uma realidade porque não tratamos disso. Ele tem mais um ano de contrato no clube e pagaram caro por ele. Sabemos que para liberar não seria barato, uma operação próxima a seis ou sete milhões de euros (R$ 31,1 milhões)", adiantou Melo. "Mas é um grande jogador e o Inter, com as dificuldades que sempre aparecem, tem condições de fazer algum movimento. O Conselho de Gestão trata tudo com muita responsabilidade, mas o Inter como um todo sempre vai permitir que se qualifique a equipe", completou.

Conforme explicou o UOL Esporte na última semana, a questão financeira é um dos empecilhos para chegada do jogador de 30 anos. Além disso, a perspectiva de contar apenas com cinco estrangeiros aptos a atuar por vez no Brasileiro também pesa. Atualmente as vagas são ocupadas por D'Alessandro, Cuesta, Nico López, Paolo Guerrero e Sarrafiore. Um teria, obrigatoriamente, que sobrar para a entrada de Aránguiz. Jonatan Alvez e Santiago Tréllez devem deixar o clube.

"Não há uma conversa em andamento, mas sabemos de todas as situações de mercado. Principalmente de grandes jogadores, temos obrigação de saber. Ainda mais um atleta que nós trouxemos (era a mesma direção que atualmente comanda o clube) em 2014, que foi muito bem aqui, tem muita qualidade e sempre acompanhamos. Mas não existe nada em relação a isso. É uma operação difícil, um jogador que está na Europa e que, inicialmente, tem o interesse de ficar lá. Estamos sempre atentos. Na mínima possibilidade de fazermos um movimento mais arrojado, com responsabilidade, sabendo que o investimento está correto, podemos fazer. Mas não podemos criar falsa expectativa na torcida, não temos nada com ele", disse Melo.

Ainda que não tenha nada em andamento, havendo a possibilidade financeira, o Colorado se propõe a firmar a transferência.

A direção adianta, ainda, que está atenta ao mercado de transferências e promete agregar qualidade ao grupo. Além de Aránguiz, o meia-atacante Marcos Guilherme, do Al-Wehda, da Arábia Saudita, e o zagueiro Adryelson, do Sport, estão nos planos.

Mais Esporte